Espanha

Quatro times são acusados de recorrer a médico ligado a doping

Em sua edição desta quinta-feira, o diário francês Le Monde levanta suspeitas de que quatro clubes espanhóis teriam recorrido aos serviços de Eufemiano Fuentes. O médico é acusado de liderar uma rede de dopagem sangüínea no ciclismo.

De acordo com o jornal, Barcelona, Real Madrid, Betis e Valencia teriam algum envolvimento com Fuentes. Segundo o Le Monde, o médico passava algumas instruções sobre o tratamento de alguns jogadores para as equipes médicas dos quatro times.

Além disso, o próprio Fuentes teria reconhecido o atendimento a alguns atletas destas quatro equipes. O jornal francês baseia suas denúncias em documentos manuscritos pelo médico sobre os planos de preparação dos times para a temporada 2005/06, aos quais teve acesso.

´Ameaçaram-me de morte. Se eu disser certas coisas, minha família e eu poderíamos ter graves problemas. Fui ameaçado três vezes, e não vão me ameaçar uma quarta. Há esportes contra os quais é possível ir e outros não, já que dispõem de um aparelho legal muito potente para se defender. Isso poderia custar também o posto de quem rege o esporte atualmente´, disse Fuentes.

No início deste ano, as autoridades espanholas, por meio da chamada “Operação Porto”, descobriram a rede chefiada por Fuentes. O médico teria ajudado 58 ciclistas profissionais a se doparem. Entre eles, estavam Jan Ullrich e Ivan Basso, dois dos mais famosos esportistas da modalidade.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo