EspanhaLa Liga

Presidente do Barcelona admite dividir cota de TV

O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, defendeu que o Campeonato Espanhol deve ter o número de clubes participantes da primeira divisão de 20 para 16. O dirigente ainda propõe que os gastos dos proprietários de clubes estrangeiros seja reduzido.

Rosell admitiu ainda que Barcelona e Real Madrid, que dominam a liga espanhola atualmente, entendem que precisam ajudar os seus adversários com uma divisão mais justa dos direitos de televisão.

O presidente do clube catalão afirmou ainda que uma liga com um número reduzido de equipes seria mais competitivo. Barcelona e Real madrid assinam seus próprios contratos de televisão e acabam ficando com praticamente metade de todo o dinheiro distribuído para os clubes.

Rosell afirmou ainda que nos próximos cinco anos eles devem seguir a Premier League, liga inglesa, e colocar os direitos de televisão em um pote só.

Contudo, o dirigente defendeu que o seu clube, que é “dos sócios”, não pode competir com clubes que têm donos estrangeiros e que usam seu próprio dinheiro para comprar jogadores, e não mensalidade de sócios, como é o clube catalão. Rosell acredita que esse tipo de gasto tem que ser limitado.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo