Espanha

O primeiro gol de Aduriz pela Espanha aos 35 anos é um sonho maior que ganhar a Mega Sena

Eu tenho 42 anos e nunca vesti a camisa da Seleção em partidas oficiais. Acredite, é uma enorme frustração. “Epa, pera um pouquinho aí, maluco, você nunca vestiu camisa nenhuma, nos jogos da Trivela os caras colam seu calção no banco pra não correr o risco de você querer entrar em campo!”, dirá alguém. Não importa, não muda o fato de que até esse momento na minha carreira eu não joguei pela Seleção, e de que isso é frustrante. É um fato, vamos nos ater aos fatos.

LEIA TAMBÉM: O clamor popular está quase convencendo Del Bosque a levar o veterano Aduriz para a Euro

Considerando o quanto eu já critiquei Dunga na vida, a possibilidade hoje é ainda menor, mas sonhar é parte da vida, não? Vai dizer que você não compra bilhete da Mega Sena de natal? E já não faz uns planinhos? Não, não, carro importado não vou comprar, chama muita atenção, vou só comprar um apê maior, uma casa pra minha mãe. Um carro pro porteiro do prédio você promete também, uma graninha pro seu Antonio da lotérica pra ele passar aquela energia. Não é?

Eu não compro bilhete da Mega Sena. Eu quero jogar pela Seleção. Planejo a convocação, a apresentação, a estreia. Idealmente, Robinho não estará no elenco – Ronaldinho, sim. No dia da apresentação eu vou evitar a imprensa, afinal sou um cara discreto, meu futebol fala por mim. O jogo, evidente, será contra a Argentina, no Morumbi, também evidente. Eu não entro desde o começo, fico no banco, esperando com calma a oportunidade. Aos 38 do segundo tempo, Brasil perdendo, Guardiola me chama – deixa, o sonho é meu. Entro no lugar do Oscar, num simbolismo que o Dassler entenderá melhor que os outros. Com a 21, camisa que eu uso no Fifa.

No primeiro toque que eu dou na bola, ela sobe e encobre meu marcador. Dou outro toque na bola, que avança. Corro atrás dela, chego antes do zagueiro e dou o terceiro toque, de leve, que me deixa sozinho na cara do goleiro. Não senhor, não encho o pé, simplesmente desloco o goleiro e empato o jogo.

Na comemoração, nem sorrio, pego a bola no fundo do gol e vamos para o meio do campo. Na saída, roubo a bola de Mascherano e passo para alguém que vem pela direita. Corro para a área e, lá chegando, a bola vem junto. Mato ela no peito e, dessa vez sim, encho o pé pra desempatar. Aí sim eu corro pra torcida em êxtase. Aí eu me lembro de Aritz Aduriz.

LEIA TAMBÉM: Kanté, Tah, Aduriz: 10 destaques que, de última hora, ganham a chance de ouro para ir à Euro

Aritz Aduriz estreou na Espanha com 30 anos. Jogou uma vez, por poucos minutos, entrou em campo aos 30 do segundo tempo, no lugar de Fernando Llorente. Llorente havia marcado os dois gols da Roja contra a Lituania naquela partida, que era das Eliminatórias da Eurocopa, em outubro de 2010. Depois que Aduriz entrou, David Silva marcou o terceiro. A Espanha foi à Euro, em 2012. Aduriz não. Provavelmente ali, se é que ainda não tinha se convencido, chegou à conclusão de que não vestiria de novo o manto, 15 minutos tinha sido sua cota.

Em 2010, Aduriz jogou 34 vezes pelo Mallorca pela Liga, e marcou 12 gols. Em 2012, já no Valencia, foram 26 jogos e 7 gols. Mas em 2012, aos 32, ele voltou para o Athletic Bilbao. Naquela temporada, marcou 14 gols; na seguinte, 16, e em 2014/15, 18. Na liga que corre, já marcou 17, mas tem jogo pela frente. Sem falar que é o artilheiro da Liga Europa e ajudou, com seus gols, a eliminar o Valencia.

Em 24 de março de 2016, Aritz Aduriz vestiu a camisa da Espanha pela segunda vez. Desta vez o jogo era contra a Itália, na Itália. Não, não valia classificação, aliás, não valia nada. Dessa vez, o basco começou jogando. Dessa vez, mais ou menos no minuto em que tinha entrado em campo há seis anos, aproveitou um rebote na área e empatou o jogo. Pouco tempo depois deixou o campo, substituído por David Silva.

Talvez você sonhe com o bilhete da Mega Sena. Eu sonho com Aritz Aduriz. Eu saboreio o gol de Aritz Aduriz, me emociono com ele. Aos 35 anos, um toquinho na bola. Gol.

GOLAÇO! VAI ADURIZ!

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo