EspanhaLa Liga

O Celta não só venceu o Barça, como goleou. E com golaços

O técnico Luis Enrique disse antes do jogo contra o Celta que o time da Galícia é um adversário complicado, que tentaria roubar a bola perto do gol do Barcelona. Mais do que isso, disse que o time se mantém fiel ao seu estilo e que seria um time que manteria uma pressão alta no seu campo. Em parte, podia fazer parte de um discurso comum aos treinadores de valorizar o adversário. Afinal, você dificilmente ouvirá um treinador dizendo que um jogo é tranquilo. Mas o que se viu na Galícia nesta quarta-feira foi algo muito raro. O Celta não só venceu o Barcelona como goleou, e com golaços. Iago Aspas e Nolito comandaram a vitória por um placar improvável de 4 a 1.

LEIA TAMBÉM: Dória dá bela assistência em seu segundo jogo no Granada. Pena que foi para o adversário

Defensivamente, foi um caos. O time de Luis Enrique deu muitos espaços ao adversário, piorado pelos erros individuais. E mais: combinado com uma boa atuação do time do Celta, que mostrou qualidade no ataque. E logo no primeiro gol, uma demonstração da qualidade: Nolito recebeu do lado esquerdo e endereçou a bola ao ângulo. Golaço, aos 26 minutos.

Aos 30 veio a primeira grave falha defensiva. Piqué saiu jogando errado e acabou entregando a bola para Iago Aspas avançar e tocar, com uma cavadinha, por cima do goleiro Ter Stegen.

 

O terceiro gol veio em uma outra falha defensiva, mas desta vez fruto de um contra-ataque rápido. Era escanteio para o Barcelona, mas quem saiu com a bola foi o Celta, que ligou com um lançamento longo o atacante Iago Aspas. Ele deu um chapéu no marcado e já saiu com meio campo inteiro para correr até o gol, tocando na saída de Ter Stegen. Eram inacreditáveis 3 a 0 com 11 minutos do segundo tempo.

 

O lindo lançamento de Messi para Neymar resultou no gol do Barcelona, mas parecia tarde demais para uma reação.

 

Antes mesmo que os blaugranas pudessem sequer sonhar com essa remota possibilidade, veio o golpe fatal. Guidetti recebeu dentro da área, aos 37 minutos, e finalizou cruzado para colocar um placar de 4 a 1 para os galegos. O mais impressionante é como o sueco recebeu a bola cercado por três jogadores e mesmo assim foi capaz de finalizar com liberdade.

Foi a primeira derrota do Barcelona na temporada. O time tinha vencido seus primeiros quatro jogos. Agora, foi ultrapassado pelo próprio Celta, que chega a quatro vitórias e tem um empate. E já pode se vangloriar de ter goleado o atual campeão espanhol, da Copa do Rei e da Champions League.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo