Espanha

No erro da Suíça na saída de bola, Espanha venceu com gol construído por dupla da Real Sociedad

Digamos, de maneira gentil, que o jogo entre Espanha e Suíça não foi o melhor de todos os tempos e acabou vencido pelos espanhóis, por 1 a 0, em uma combinação entre jogadores da Real Sociedad, Mikel Merino e Mikel Oyarzabal – que também não foi exatamente uma combinação – após um erro do goleiro Yann Sommer na saída de bola.

Oyarzabal atua regularmente na seleção espanhola desde o ano passado, apesar de ter estreado em 2016. A grande temporada da Real Sociedad também levou o seu parceiro de meio-campo, Merino, a ser convocado.

Pela primeira vez, ambos atuaram juntos no time nacional. Merino entrou em campo pela quarta vez seguida, mas Oyarzabal perdeu os jogos de setembro por Covid-19 e não foi incluído entre os relacionados para o amistoso contra Portugal, no meio da semana.

A Suíça quase saiu à frente. Um contra-ataque encontrou Loris Benito na esquerda da grande área, mas De Gea fez uma grande defesa. Logo em seguida, Ansu Fati fez uma jogada pela esquerda e foi bem defendido por Silvan Widmer. Sommer cobrou o tiro de meta à direita, recebeu de volta e tentou um passe para Xhaka. Mas errou. O volante do Arsenal, pego no contrapé, escorregou. Merino fez contato com a bola e deixou para Oyarzabal emendar.

Aos 28 minutos, Sommer se redimiu com uma grande defesa, em cabeçada de Ferrán Torres, e depois rezou quando o seu desvio de um cruzamento de um outro cruzamento de Novas encontrou Oyarzabal livre na segunda trave. O meia, porém, não conseguiu direcionar o chute.

A Espanha lidera o Grupo 4 da primeira divisão da Liga das Nações, com duas vitórias e um empate. A Alemanha aparece em segundo lugar, com cinco pontos. A Suíça é a lanterna, com apenas um pontinho.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo