Espanha

Mourinho: “Trabalho pensando no clube, não em mim”

A crise de vestiários que o Real Madrid teve ao fim de 2012 e quase culminou na demissão de José Mourinho parece ter passado. Somando duas vitórias contra o Barça e uma classificação de virada em cima do Manchester United, na Liga dos Campeões, os madridistas deixaram os problemas para trás e até reagiram em La Liga, ocupando a vice-liderança.

Trazendo de volta o elenco para o seu lado, José Mourinho comentou nesta quinta-feira que essa reação do Real não foi seu melhor trabalho, não querendo levar o crédito pela boa fase.

“Foi uma grande semana, com três vitórias importantes, mas não foram meus maiores triunfos. Trabalho cada dia dando meu máximo e penso somente no clube, nunca em mim”, afirma Mou.

Sobre Cristiano Ronaldo, peça fundamental e grande destaque da equipe na temporada, o comandante reconhece que o atacante pode fazer diferença se quiser: “Cristiano também pode fazer qualquer coisa que tiver vontade. Espero pelo bem do futebol que ele queira jogar tanto quanto Giggs e Scholes”, comenta.

Agora a expectativa no Real Madrid gira em torno de quem virá no sorteio das quartas de final da Liga dos Campeões. O adversário será definido nesta sexta-feira.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo