Espanha

‘Não posso contar’: Modrić se declara ao Real Madrid, mas despista sobre futuro

Com contrato até o final de junho, meia croata já definiu se fica ou não no clube merengue

O Real Madrid se prepara para o jogo mais importante da temporada. No próximo sábado (1), a equipe merengue enfrenta o Borussia Dortmund, em Wembley, pela final da Champions League. Luka Modrić estará novamente com os Blancos na decisão. Porém, em uma função diferente dessa vez. Titular absoluto nos últimos anos, o meio-campista croata passou a ser uma espécie de reserva de luxo em 2023/24. Questionado sobre tal ‘status’, o camisa 10 não escondeu o incômodo, mas disse respeitar a decisão de Ancelotti.

— Foi difícil para mim entender e assumir minha nova função. Nunca desistirei, acho que tenho sido um exemplo de atitude em todos os sentidos. Acho que não dei problemas ao treinador e nem a ninguém. Claro, quando os jogadores não jogam, quem diz que está feliz está mentindo para você — disse em entrevista à rádio COPE.

Para Modrić, o coletivo sempre deve vir em primeiro lugar. Ser titular é importante, mas vencer o título é o objetivo principal do croata, que disputará sua sexta final de Champions League pelo Real Madrid. Sobre a decisão contra o Borussia, o meia pregou respeito ao adversário e disse que o time merengue deve fazer jus ao favoritismo no campo de jogo.

— Espero que isso aconteça (Real Madrid vencer a Champions). Mas o importante primeiro é vencer no campo. Todos consideram que vamos vencer facilmente, mas não é assim. Basta olhar o exemplo do Leverkusen com a Atalanta.

Aposentadoria no Real Madrid? Modrić deixou claro seu sonho

Modrić tem contrato até o final de junho com o Real Madrid. Aos 38 anos, o camisa 10 já tomou uma decisão sobre o futuro, mas não quis trazê-la a público. Seu sonho é encerrar a carreira no clube madridista, e informações da imprensa espanhola dão conta de que o meia chegou a um acordo com a diretoria para renovação de vínculo — por mais um ano.

— Eu estou no melhor clube do mundo. Aqui cada minutinho é muito importante, como eu já disse, tenho um sonho, que é me aposentar no Real Madrid. Quero me aposentar aqui na minha casa, no clube da minha vida. Tenho físico e futebol para continuar na elite, não tenho dúvidas. No Real Madrid o melhor joga, ninguém joga por decreto. Agora me sinto forte, mas isso pode mudar em seis meses (…) Com a idade que tenho, não posso pensar muito no futuro. Tenho que ir dia após dia, semana após semana, ouvir o meu corpo e a minha mente e depois tomar as decisões — pontuou Modrić antes de concluir sobre o tema:

— Meu futuro? A decisão já foi tomada, mas não posso te contar. Você saberá depois da final de Wembley. Não pergunte de novo, não vou responder.

Querido pelo elenco, Modrić é um dos líderes do plantel madridista. O espanhol conta com a admiração e carinho dos jogadores, que fazem coro por sua permanência. Rodrygo, por exemplo, é um dos que veio a público manifestar seu apreço pelo camisa 10.

— O Modrić todo mundo sabe, eu sempre falei que ele é como um pai para mim. Sempre me ajudou em todos os momentos, difíceis ou não. Ele sempre esteve do meu lado. Ainda mais nessa temporada, que eu sou o número 11 agora e ele é o 10. Então, ele está sempre do meu lado, estamos sempre conversando. Amo ele, e ele sabe disso. Tenho ele como um pai de verdade mesmo, e que não seja o último jogo dele — afirmou Rodrygo em entrevista à TNT Sports.

Luka Modrić pelo Real Madrid

  • 533 jogos
  • 39 gols
  • 81 assistências
  • 25 títulos — 5x Champions League, 5x Mundial de Clubes, 4x La Liga, 2x Copa do Rei, 4x Supercopa da Uefa e 5x Supercopa da Espanha
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo