Espanha

Médico que estava na arquibancada salva a vida de jogador na quarta divisão espanhola

Cristo Atlético e Gimnástica Segoviana enfrentavam-se pela quarta divisão espanhola no último domingo quando, aos 12 minutos do segundo tempo, Camilo de la Red, jogador do Cristo, levou um chute na cabeça e caiu inconsciente no gramado. Diante do desespero dos atletas, já que a partida não contava com um médico designado por uma das equipes ou pela organização do campeonato, um médico que assistia à partida das arquibancadas entrou no gramado e conseguiu salvar a vida do jogador.

VEJA TAMBÉM: Pepe mostra o seu lado romântico fazendo uma declaração de amor. Para a sua chuteira

Ángel González foi providencial nos primeiros socorros a De la Red, utilizando um tubo de guedel que estava nos equipamentos de um fisioterapeuta do Cristo Atlético para mover a língua do jogador, que obstruía sua respiração. Algum tempo depois, enfim uma ambulância chegou para levar o atleta ao Hospital Río Carrón, onde De la Red recobrou a consciência e do qual, sem nenhum dano cerebral detectado, recebeu alta pouco depois.

Em declarações publicadas pelo site da rádio Cadena Ser, o jogador do Cristo Atlético afirmou que já se sente bem para voltar aos gramados, esperando estar à disposição já para a próxima partida do time na quarta divisão. “Quero ver como evoluo, mas se continuar como estou agora, claro que jogarei. Tenho muita vontade de voltar e me encontro bem”, explicou.

Quanto a seu salvador, Ángel González, o jogador conta que ainda não o encontrou depois do incidente, mas que isso definitivamente está em seus planos: “Não tive o prazer de conhecê-lo, mas, com certeza, o farei. Graças a ele posso contar essa história, sou eternamento grato a ele”.

Apesar da pressa para voltar aos gramados, Camilo de la Red quer que o incidente sirva para que a organização do campeonato problematize a questão e repense a falta de exigência de um médico nos jogos. “É necessário que, em cada jogo, haja pelo menos uma pessoa com conhecimento para aplicar estes primeiros socorros. No domingo, aconteceu comigo, e, por sorte, havia um médico, mas amanhã pode acontecer com outro, e temos que estar preparados”, argumentou. Os veículos que cobrem o quarto escalão do futebol espanhol já seguiram a deixa e levantaram o debate, que precisa ser a grande herança do episódio, mais do que a comoção da história em si.

Confira o momento da queda de De la Red e o atendimento de González:

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo