ArgentinaEspanha

Maradona sobre aquele pênalti do Barça: “Se eu estivesse em campo, socos seriam dados”

Messi parte para cobrar o pênalti, mas ao invés de chutar direto para o gol, rola a bola para Suárez (ou Neymar, como havia sido treinado), e o gol do Barcelona contra o Celta de Vigo repercute mundialmente. A maioria aplaude, outros acham um desrespeito, e Maradona parece estar mais no segundo grupo. Caso estivesse em campo, afirma o craque argentino à Fox Sports, não teria deixado barato.

LEIA MAIS: Messi chega aos 20 gols em 2016 e registra o melhor início de ano de sua carreira

“Se eu estivesse em campo naquele pênalti indireto do Messi, socos seriam dados, independente de ser na primeira, segunda, terceira ou quarta divisão”, afirmou, em tom de brincadeira. “Certamente, socos seriam dados”.

Maradona também afirmou que gostaria de ter jogado nesse time do Barcelona (imagina?), mas que também teria vontade de tentar montar um time para vencê-lo. Disse que Neymar caminha para ganhar uma Bola de Ouro e desejou sorte a Guillermo Barros Schelotto, novo técnico do Boca Juniors.

“Meu sonho de treinar o Boca Juniors já acabou. Não falei com (Daniel) Angelici (presidente do Boca) sobre isso. Guillermo fará um grande trabalho”, disse.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo