Espanha

Manchester City faz exigência e trava Barcelona em negócio por lateral

Clube catalão vive momento delicado nas finanças e não pretende fazer grandes esforços no mercado

Manter João Cancelo no elenco é uma das prioridades do Barcelona para temporada 2024/25. Xavi, quando técnico dos culés, era favorável à permanência do lateral português. E Hansi Flick, sucessor do espanhol, compartilha da mesma opinião. O treinador alemão, inclusive, já manifestou tal desejo à diretoria.

Dito isso, as conversas com o Manchester City foram iniciadas. Empestado pelos Citizens até o dia 30 de junho, Cancelo não quer retornar à Inglaterra. Sua vontade é permanecer no Barcelona, e ambos os clubes estão cientes disso.

Conversas esfriaram após posicionamento do City

Cancelo quer ficar na Catalunha, o Barcelona deseja mantê-lo e o Manchester City não conta com o português. Ainda assim, as negociações não caminham para um final feliz.

Segundo o jornal The Sun, a diretoria dos Citizens informou ao Barcelona que a continuidade de Cancelo na Espanha depende de o clube catalão pagar o preço pelo qual o avaliou: 25 milhões de libras — cerca de 30 milhões de euros. Em crise financeira, o Barça não pode arcar com esse valor no momento.

Vale destacar que os ingleses estariam dispostos a prorrogar o empréstimo do lateral por mais uma temporada, mas com opção de compra obrigatória pelo valor citado.

Cancelo em ação pelo Barcelona (Foto: Icon Sport)

Desafeto de Cancelo, o que Guardiola pensa sobre as negociações?

Pep Guardiola se manifestou recentemente sobre o interesse do Barcelona em Cancelo. O técnico do Manchester City admitiu as conversas entre os dois clubes, mas reforçou que o jogador português pertence aos Citizens.

— Os dois clubes vão se sentar. Ele é nosso jogador e, se não houver acordo, terá que retornar na pré-temporada — disse Guardiola.

A relação entre Guardiola e Cancelo não é das melhores. Em março, ao comentar sobre sua saída do City, o lateral deu declarações polêmicas.

Na ocasião, Cancelo fez críticas a Guardiola e alegou que o treinador espanhol mentiu ao indicar que ele teve problemas de relacionamento com Nathan Aké e Rico Lewis.

— Mentiras foram contadas! Nunca fui um mau companheiro para eles. Pode perguntar tanto ao Aké como ao Rico. Não tenho nenhum complexo de superioridade ou inferioridade em relação a eles, mas é a opinião do técnico.

— As pessoas só vão se lembrar disso porque o mister Guardiola tem muito mais força do que eu quando diz alguma coisa e eu prefiro estar na minha. Prefiro saber que estou dizendo verdade. Me sinto realizado com aquilo que fiz. Sou uma pessoa transparente, nunca menti. A vida segue e desejo que corra tudo bem a eles, porque enquanto lá estive desfrutei do meu futebol e do clube.

Guardiola faz afago em Cancelo durante jogo do Manchester City (Foto: Icon Sport)

Próximos capítulos da novela

De fato, Cancelo não faz parte dos planos do Manchester City. Porém, o clube inglês não está disposto a cedê-lo ‘de mão beijada' ao Barcelona.

Aliás, como admitiu Guardiola, a comissão técnica do City espera que o lateral português faça a pré-temporada da equipe nos Estados Unidos — caso não tenha fechado a sua saída até lá.

Curiosamente, os atuais campeões da Premier League enfrentam o Barcelona em amistoso no dia 31 de julho.

Cancelo tem contrato até junho de 2027 com o City e, como citado, não pretende retornar ao clube. Adaptado ao Barcelona, o lateral lutará até o fim para permanecer.

A tendência é que a diretoria blaugrana se reúna com o clube de Manchester nos próximos dias e tente flexibilizar a pedida pelo português.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme CalvanoRedator

Jornalista pela UNESA, nascido e criado no Rio de Janeiro. Cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na Trivela, é redator e escreve sobre futebol brasileiro e internacional.
Botão Voltar ao topo