Espanha

Lateral brasileiro do Valladolid se defende de expulsões

Criticado por ter sido expulso duas vezes em apenas quatro rodadas disputadas na segunda divisão do Campeonato Espanhol, o lateral-esquerdo Guilherme, do Valladolid, se disse “prejudicado pelos árbitros” e cogitou voltar ao futebol brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira, o jogador revelado pelo Vasco contestou o cartão vermelho recebido na derrota de domingo para o Betis (2 a 1), pela quarta rodada da segunda divisão espanhola.

“Se tivesse sido por uma entrada ou por uma cotovelada, tudo bem. Mas por uma jogada que não acho que era para cartão, então não. As pessoas sabem qual é meu estilo de jogo, e no Brasil joguei 30 partidas assim. Vim para a Espanha e é o mesmo futebol. Nunca me aconteceu isso de receber tantos cartões, e aqui ocorrem coisas que me tiram a vontade de jogar futebol”, explicou.

“Não sei o que tenho que fazer. Busco uma maneira de melhorar, falo com meus companheiros e eles me ajudam, mas não sei o que está me prejudicando”, acrescentou.

O lateral, que está emprestado ao Valladolid pelo Almería, garantiu que buscará “uma solução”, e que conversará com seu agente sobre a possibilidade de “voltar ao Brasil para ficar perto da família”.

“Para passar por uma pessoa que não sou, é melhor não estar aqui. Estão me transformando em um monstro, e não sou assim. Não é normal que eu, que não levo problemas ao campo, faça duas faltas e seja expulso. Alguma coisa está errada”, finalizou. (EFE)

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo