La Liga

Torcida do Atleti aproveita amistoso para manifestar sua rejeição à especulada contratação de Cristiano Ronaldo

Colchoneros levaram uma grande faixa dizendo que CR7 não é bem-vindo e ainda publicaram uma carta para refutar as possibilidades

O Atlético de Madrid não teve dificuldades para vencer o Numancia por 4 a 0, em amistoso nesta quarta-feira. Thomas Lemar, Ángel Correa, Geoffrey Kondogbia e Matheus Cunha marcaram os gols, com direito a uma pintura do argentino. A partida na Espanha, porém, seria marcada por protestos da torcida colchonera. Os aficionados do Atleti aproveitaram a ocasião para manifestar sua oposição à contratação de Cristiano Ronaldo. Mesmo com os rumores envolvendo o craque, os rojiblancos não querem ver a lenda do Real Madrid no Metropolitano.

Algumas dezenas de torcedores do Atlético de Madrid estavam presentes na partida. Uma grande faixa atrás do gol dizia em inglês que “CR7 não é bem-vindo”. Além disso, outra faixa mostrava um círculo vermelho ao redor do apelido, em negação ao português. Já o cântico criado para a ocasião dizia: “Simeone, Simeone, escute a torcida: se contratarmos Cristiano, vão todos ao paredão”. A intenção era apresentar a reclamação em público, numa partida que foi televisionada na Espanha, e fazer eco a um manifesto publicado horas antes pela União Internacional de Torcidas do Atlético de Madrid.

Na carta aberta, a associação de torcidas deixa bem claro seu desagrado com o possível reforço: “Diante da possibilidade de contratar Cristiano Ronaldo, se for mais que um simples boato sem fundamento, expressamos nossa absoluta rejeição a essa hipotética chegada. O referido jogador representa a antítese dos valores que constituem a marca do nosso Atleti, como o esforço, a generosidade, a modéstia e a humildade de quem deseja defender nossos ideais”.

“Mesmo no caso hipotético e altamente improvável de que um jogador em declínio acentuado como Cristiano Ronaldo pudesse nos garantir um troféu, nós não aceitaríamos a sua contratação. O senso de pertencimento ao Atlético não está a seu alcance, infelizmente para ele, e, como tal, ele nunca poderia receber nosso carinho ou reconhecimento. Pedimos ao clube que rejeite sua possível contratação, se de fato for considerada”, complementa a nota.

Presidente do Atlético de Madrid, Enrique Cerezo negou as especulações nesta semana. O dirigente afirmou: “Não sei quem inventou essa história sobre o Cristiano Ronaldo, mas é praticamente impossível que ele venha ao Atlético de Madrid”. Mesmo que o clube faça as contas e consiga encaixar o atacante em seu orçamento, o que não parece tão provável diante das circunstâncias, não é isso que vai convencer a torcida. Há um orgulho que resiste, contra um adversário que fez os colchoneros amargarem algumas de suas mais pesadas derrotas.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo