La Liga

Suso quebra o impasse, Sevilla vence o Valencia e continua subindo

Um gol de Suso de fora da área, aos 35 minutos do segundo tempo, quebrou o impasse no placar e garantiu a vitória do Sevilla sobre o Valencia, por 1 a 0, o que deixa o atual campeão da Liga Europa em ótima posição na tabela do Campeonato Espanhol.

Qual? Difícil ter certeza porque as rodadas em La Liga neste momento são mais uma questão de estado de espírito. Na prática, está em quinto lugar, com 23 jogos em 13 partidas disputadas. Para baixo, ninguém tem jogos a menos. À sua frente, pode ultrapassar Villarreal e Real Sociedad dependendo apenas dos seus próprios resultados, e ficar a três pontos do Real Madrid, segundo colocado.

O caos que foi a pré-temporada do Valencia, com as saídas dos seus principais jogadores, vai se refletindo em uma campanha muito ruim dentro de campo também. Conseguiu apenas uma vitória nas últimas 11 rodadas. Está em 13º lugar, com 15 pontos, mas está todo mundo embolado na parte de baixo da tabela. Tem apenas um ponto de vantagem para a zona de rebaixamento e todos abaixo dele têm pelo menos uma partida a menos.

O Sevilla teve o controle da partida, muito mais posse de bola, e finalizou bastante, embora com baixa pontaria – acertou apenas três dos seus 19 chutes. O Valencia eventualmente se aventurava no contra-ataque e na bola parada. Estava conseguindo segurar o adversário por 80 minutos, mas, na hora em que Suso marcou de fora da área, o gol do Sevilla realmente estava maduro.

Suso criou dois chutes para si próprio do bico direito da grande área nos primeiros 30 minutos. A chance mais perigosa foi um cruzamento rasteiro que encontrou Luuk de Jong, que não conseguiu bater direito, pressionado pela marcação. Bono fez sua primeira defesa aos 35 minutos, e o Valencia teve um punhado de boas situações na bola parada antes do intervalo. A melhor, porém, foi em um contra-ataque. A bola chegou a Cheryshev, de frente, da entrada da área. Bono defendeu batendo-roupa. A defesa afastou.

Cheryshev finalizou novamente no começo do segundo tempo, travado pela defesa, mas ainda exigindo uma defesa boa do goleiro do Sevilla. Nenhum problema para Bono agarrar a tentativa de Guedes da entrada da área antes de os visitantes começarem a aumentar o ritmo. Koundé subiu bem na primeira trave para cabecear com perigo e En-Nesyri exigiu uma defesa difícil de Jaume Doménech.

Curiosamente, para o time que teve 70% de posse de bola, o gol saiu em um contra-ataque. Rakitic abriu o caminho passando para Joan Jordán, que lançou rasteiro para Suso. Ele encontrou o passe, marcado por dois, na entrada da área. Dominou abrindo à perna esquerda e bateu forte. Não pegou muita curva, mas Doménech foi com a mão meio mole. Ainda esbarrou na bola antes de vê-la entrar para a quinta vitória por 1 a 0 do Sevilla nesta temporada de La Liga – das sete que conseguiu.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.