La Liga

Suárez admite ter chorado por maneira como saiu do Barça: “O que mais doeu foi a sensação de ser chutado”

A história entre Luis Suárez e Barcelona teve um final deveras amargo, considerando tudo o que construíram juntos. Terceiro maior artilheiro da história do clube, com 198 gols, o uruguaio afirmou que a maneira como o Barça tratou sua saída o afetou bastante: “A sensação de que estava sendo chutado foi o que mais me machucou”.

[foo_related_posts]

As declarações foram feitas após a vitória da seleção uruguaia por 2 a 1 sobre o Chile, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, na noite de quinta-feira (8). Questionado sobre o adeus aos culés, reconheceu que “foram dias de passar chorando por causa daquilo que estava vivendo”.

“Obviamente, não recebi muito bem a mensagem do clube de que eles estavam procurando uma solução para que eu mudasse de ares por causa da maneira como eles fizeram, nada mais. É preciso aceitar quando um ciclo chega ao fim”, ponderou.

Suárez revelou que chegou a ser relegado a um grupo secundário nos últimos treinamentos. “Nem todos sabem o que aconteceu, mas (foi duro) ir treinar e ser mandado para um grupo diferente do restante, porque não estava entre os 22 que fariam um 11 contra 11…”

O uruguaio não entrou em mais detalhes do que isso sobre o tratamento que recebeu do clube, mas vale apontar que a imprensa espanhola noticiou que o atacante foi inicialmente avisado por telefone da decisão do técnico Ronald Koeman de não contar com ele para a temporada

A escolha de ir para o Atlético de Madrid, um rival local na Espanha, inicialmente pegou muitos de surpresa. Ainda assim, pareceu o caminho certo a Suárez. O uruguaio queria voltar a se divertir em campo e teve a decisão aprovada por sua esposa, quem mais testemunhou como o capítulo de despedida do Barça o estava afetando.

“Minha esposa era quem me via triste, via como eu estava cabisbaixo, e ela queria me ver sorrindo novamente em campo. Então, quando a chance de ir para o Atlético (de Madrid) veio, eu não tive dúvidas.”

No rescaldo da saída de Suárez para o Atleti, Lionel Messi publicou uma mensagem de despedida em seu Instagram em que atacava a diretoria do Barça pela maneira como tratou o amigo. “Você não merecia que te jogassem fora como fizeram. Mas a verdade é que, a essa altura, nada mais me surpreende”, escreveu o argentino.

A postura de Messi não foi exatamente uma surpresa a Suárez: “Eu o conheço muito bem. Ele sabia a dor que eu estava sentindo, a sensação de que estava sendo chutado foi o que mais me machucou. A maneira como eles fizeram as coisas não foi certa, e o Leo sabe como minha família e eu sofremos”.

Com a página virada, Suárez começou da melhor maneira possível a sua nova aventura em Madri. Na estreia pelo Atleti, também a do clube na temporada de La Liga, os Colchoneros venceram por 6 a 1 o Granada, e o uruguaio foi um dos destaques, com dois gols e uma assistência alcançados em apenas 20 minutos em campo.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo