La Liga

Remiro falha, Athletic arranca empate no fim do clássico basco e atrapalha a Real Sociedad

O goleiro da Real Sociedad não conseguiu defender uma cobrança de falta de Munian que valeu ao Athletic o empate por 1 a 1

Com um gol de pênalti de Alexander Isak, a Real Sociedad caminhava para vencer o clássico basco deste domingo, o que a faria manter o ritmo dos líderes do Campeonato Espanhol, mas Iker Muniain empatou para o Athletic, com falha de Álex Remiro, aos 46 minutos do segundo tempo, e arrancou o empate por 1 a 1.

O empate ainda levou a Real Sociedad à liderança isolada de La Liga, mas com 25 pontos em 12 rodadas disputadas. Real Madrid e Sevilla têm 24, e o Atlético de Madrid, 22, todos com 11 jogos. O Athletic está em oitavo lugar, com 18, também em 11 partidas.

Como de costume, Isak criou chances perigosas, com um chute rasteiro pela direita da grande área e outro de média distância, ambos bem defendidos pelo goleiro Unai Simón. Foi um primeiro tempo de poucas finalizações para os dois times, e a grande chance de abrir o placar saiu em um pênalti, depois do intervalo.

Januzaj jogou a bola na área, Mikel Merino pegou a sobra e tentou abrir para finalizar, mas foi derrubado por Iñigo Martínez. Isak converteu o pênalti e fez 1 a 0 para a Real Sociedad. Álex Remiro executou uma linda defesa, aos 22, para barrar a cabeçada de Alex Berenguer, na segunda trave, após cruzamento de Williams.

Era para a Real Sociedad caminhar para uma reta final mais tranquila após a expulsão de Martínez, que recebeu o segundo cartão amarelo, de maneira bem duvidosa, por ter colocado a mão no rosto de Isak durante uma dividida na intermediária – havia inclusive levado uma trombada do sueco antes.

Mas, aos 46 minutos, Munian bateu uma falta do bico esquerdo da grande área direto para o gol. No meio do gol, onde estava Remiro. Ele tentou afastar de soco… errou. A bola bateu em seus punhos, na trave e empatou o jogo para o Athletic.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo