La Liga

Real Madrid desliza contra a Real Sociedad e permite que Atleti volte a abrir vantagem antes do dérbi

O Real Madrid tinha um compromisso difícil pela frente, no fechamento da rodada de La Liga, ao receber a Real Sociedad no Estádio Alfredo Di Stéfano. O empate por 1 a 1 é compreensível, apesar do sofrimento excessivo dos merengues, que demoraram a converter suas chances e salvaram um ponto apenas nos minutos finais. Entretanto, quem agradece o deslize são os rivais. O Atlético de Madrid volta a abrir cinco pontos de vantagem na liderança, enquanto o Barcelona ultrapassa os madridistas e assume a segunda colocação. E o resultado pesa ainda mais, com o dérbi de Madri em vista no próximo domingo.

O Real Madrid foi melhor no primeiro tempo, mas acabou beneficiado por um pênalti não marcado à Real Sociedad aos oito minutos e, depois, lamentou bastante o azar. Foi impressionante como a bola não entrou durante a primeira etapa, diante da algumas chances claríssimas da equipe. Os maiores lamentos aconteceram por volta dos 20 minutos. Mariano Díaz chegou a cabecear uma bola quase em cima da linha, mas acertou a cabeça do marcador e viu o tiro repicar na trave. Logo depois, Robin Le Normand rechaçaria o arremate de Marco Asensio quase em cima da linha. Raphaël Varane ainda carimbou a trave.

Durante a primeira etapa, o Real Madrid não teve um domínio tão amplo da posse de bola, mas foi muito mais agressivo. Casemiro também levou perigo num tiro da entrada da área que passou próximo da trave. E o goleiro Álex Remiro apareceria para boas defesas. Fechou bem o ângulo num lance em que Toni Kroos invadiu a área com tudo, enquanto ainda rebateu uma pancada de Luka Modric. A engenhosidade de Karim Benzema fazia falta, claro, mas não foi por isso que os merengues deixaram de criar desta vez.

Zinédine Zidane resolveu mudar seu desenho tático na volta ao segundo tempo e isso teve seu preço. Afinal, a Real Sociedad voltou a campo com outra postura e colocou o Real Madrid contra a parede, aproveitando-se dos novos espaços. Os bascos começaram a pressionar e conseguiam encaixar seus ataques. Assim, abriram o placar aos dez minutos. Nacho Monreal cruzou e encontrou Portu no segundo pau. O ponta desviou de cabeça meio sem jeito, mas conseguiu mandar a bola na gaveta, sem qualquer chance a Thibaut Courtois. Os merengues precisavam correr atrás do prejuízo, e quase Courtois entregou o segundo numa saída de bola errada.

Depois de rearranjar seu time e acionar o banco, o Real Madrid voltou a se impor na partida e a empurrar a Real Sociedad. A persistência precisou ser grande, sem que os madridistas aproveitassem alguns bons cruzamentos e os lances de perigo na pequena área. Casemiro aparecia, mas sem direcionar bem suas cabeçadas. Rodrygo foi uma das novidades no segundo tempo, de volta ao time depois de dois meses, e chegou a fazer boas jogadas. Mas o empate caberia a outro substituto, Vinícius Júnior. Aos 44, Lucas Vázquez cruzou e o camisa 20 concluiu na área. Salvou um pontinho aos merengues.

O Real Madrid chega aos 53 pontos no Campeonato Espanhol e perde uma posição para o Barcelona, atrás dos rivais no saldo de gols. Já o Atlético de Madrid volta a abrir uma vantagem de cinco pontos na liderança, exatamente na semana anterior ao dérbi no Wanda Metropolitano. A Real Sociedad, apesar da recuperação recente, ainda segue distante da zona de classificação à Champions. São 42 pontos na quinta colocação, contra 48 do quarto colocado Sevilla, que ainda tem um jogo a menos.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo