La Liga

Real Madrid decola no segundo tempo e detona o Alavés no Santiago Bernabéu

Atuação ofensiva dos madridistas faz relembrar que o time de Ancelotti sabe atacar muito bem quando necessário

Líder de La Liga, o Real Madrid tem um objetivo bastante claro na temporada doméstica: recuperar o domínio do país, capitalizando na temporada abaixo da crítica desempenhada por Atlético e Barcelona. Neste sábado, jogando em casa contra o Alavés, a equipe de Carlo Ancelotti fez a lição de casa e venceu por 3 a 0.

Foi uma atuação segura para o contexto do confronto, já que o Alavés está na zona de rebaixamento e a caminho de mais uma temporada na segunda divisão. Sem opções relevantes para brecar o ímpeto dos madridistas, a equipe basca apenas foi coadjuvante em campo, passageira de mais um dia inspirado do ataque merengue.

Ancelotti sabia que a melhor resposta para a derrota diante do PSG pela Liga dos Campeões era uma atuação convincente de sua equipe titular, em La Liga. E apesar do primeiro tempo amarrado, com poucas chances claras de gol, o caminho estava pavimentado para a vitória. Massacrando o Alavés com muita presença ofensiva e infiltrações pela faixa central de campo, o Real explorou de todas as maneiras a fragilidade da defesa adversária.

O gol que iniciou a vitória, no entanto, saiu apenas na segunda etapa, aos 17 minutos, com Marco Asensio. O atacante recebeu no bico da área e resolveu testar o goleirão Fernando Pacheco. A bola fez um arco indefensável e caiu no alto do gol do Alavés, belíssimo chute para o 1 a 0.

A jogada do segundo gol foi ainda mais bonita: Karim Benzema deu de letra para Asensio na área, recebeu de volta e acionou Vinícius Jr; que só completou para a rede, sem esforço. Não foi só o passe e a finalização que deram um ar de espetáculo, mas também a movimentação de Vini, que mudou rapidamente de direção para tirar o zagueiro da jogada e ficar livre. Excelente ataque do Real, que já estava bastante à vontade para impor seu jogo.

Aos 44, o Real fechou a conta, de pênalti, após uma falta banal de Florian Lejeune em cima de Rodrygo. Benzema bateu e completou a festa. O Santiago Bernabéu sorriu da base até a cobertura com mais um jogo de encher os olhos. Para quem criticou Ancelotti pela postura defensiva diante do PSG, o placar contra o Alavés (que pode até não ser o adversário mais qualificado da Europa) mostrou que os madridistas sabem muito bem como jogar para agredir com a bola.

O passeio rendeu mais três pontos ao Real, que agora tem sete de vantagem para o Sevilla. O vice-líder pega o Espanyol na manhã de domingo e pode reduzir para quatro pontos essa distância. O Betis também estará de olho nesse confronto, pois recebe o Mallorca e também pode se reaproximar do seu arquirrival em caso de tropeço.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo