La Liga

Parceria entre Jordi Alba e Messi rende frutos e decide vitória do Barcelona contra o Celta

O Barcelona contou com um Lionel Messi mais uma vez decisivo para vencer, sem sustos e sem nem tanto esforço, o Celta. A vitória por 2 a 0 tem a assinatura do seu camisa 10. Nos dois gols, sua participação é direta e mantém o time no rumo das vitórias. Destaque também para Jordi Alba, que vem sendo o grande parceiro do argentino nesta temporada.

LEIA TAMBÉM: Com pinta de amistoso, Real Madrid goleia Al Ain para sagrar-se campeão mundial

O técnico Ernesto Valverde escalou o time inteiro, titular, com Gerard Piqué e Clement Lenglet na zaga – os dois únicos disponíveis, já que os demais estão machucados. No meio-campo, o brasileiro Arthur mais uma vez ficou no banco. Jogaram Sergio Busquets, Ivan Rakitic e Arturo Vidal. No ataque, Messi, Luis Suárez e Ousmane Dembélé, que apesar dos problemas disciplinares, tem sido um jogador de destaque e colocou o brasileiro Philippe Coutinho no banco. Os dois brasileiros, aliás, entraram em campo no segundo tempo.

O primeiro gol saiu logo a 10 minutos. Messi recebeu a bola na intermediária, onde ele sempre cria muitas jogadas, e abriu para Jordi Alba. O lateral, sempre muito sincronizado com o camisa 10, esperou a chegada do argentino e rolou perfeitamente para ele, que chutou forte, o goleiro Rubén Blanco, mas no rebote Ousmane Dembélé marcou: 1 a 0.

No final do primeiro tempo, o Barcelona chegou ao segundo gol. Desta vez, Jordi Alba encontrou Messi pelo meio, livre, frente a frente com o goleiro. Aí é até apelação: ele colocou no canto, sem nenhuma chance de defesa. Placar de 2 a 0, jogo definido e administração tranquila.

Valverde não é um técnico, digamos, de valorizar tanto a posse de bola. Se pensarmos no que foi o time de Guardiola, Luis Enrique foi um estágio já diferente, sendo mais direto e focando no ataque espetacular com Suárez, Messi e Neymar. Com Valverde, o time do Barcelona é muito menos paciente e muito mais vertical. Em termos de posse de bola, ficou bastante dividido com o Celta, 51,6% para o Barcelona, 48,4% para os visitantes. Em termos de chutes, o Barça teve menos que os adversários: 9 a 11, mas com a diferença que cinco seus foram certos contra um do Celta.

Em termos de classificação, o Barcelona tem 37 pontos, três à frente do Atlético de Madrid, atualmente o segundo. Messi é o artilheiro de La Liga, 15 gols, seguido por Luis Suárez, com 11, mesmo número de gols de Cristian Stuani, do Girona. Iago Aspas, do Celta, tem 10. Em assistências, Messi também lidera: foram 10 passes para gols. Pablo Sarabia, do Sevilla, tem seis, em segundo lugar.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo