La Liga

Oblak cometeu raro erro, mas Suárez veio ao resgate para arrancar vitória contra o Getafe

O uruguaio marcou duas vezes nos 15 minutos finais, após o goleiro esloveno errar no gol que havia aberto o placar para o Getafe

Jan Oblak cometeu um erro raro – dois na verdade -, mas Luis Suárez marcou duas vezes nos 15 minutos finais da partida, e o Atlético de Madrid conseguiu vencer o Getafe, de virada, por 2 a 1, fora de casa, nesta terça-feira, pela sexta rodada do Campeonato Espanhol.

Após três campanhas consecutivas entre os oito primeiros, com direito a um quinto lugar em 2018/19, o Getafe foi apenas 15º colocado na última temporada e perdeu todos os jogos no começo desta. Está naturalmente na zona de rebaixamento com zero pontos.

O Atlético de Madrid chegou a 14 e momentaneamente assumiu a liderança do Real Madrid, que enfrenta o Mallorca nesta quarta-feira. Diego Simeone armou um time mais ofensivo em relação ao que empatou com o Athletic Bilbao por 0 a 0 no fim de semana, com linha de quatro, Marcos Llorente e Héctor Herrera no meio-campo e um quarteto ofensivo com Ángel Correa, Yannick Carrasco, Antoine Griezmann e Luis Suárez.

Com 63% de posse de bola, o Atleti demorou para criar uma grande chance no primeiro tempo e teve que lidar com os contra-ataques do Getafe. O mais perigoso começou por Mata, aos 25 minutos. Carlos Aleña recebeu, arrancou pelo meio e soltou na direita para a batida de José Macías. Ele tentou emendar uma bonita Trivela, mas faltou acertar a bola.

Seis minutos depois, Mata dominou dentro da área e bateu no canto, para grande defesa de Oblak, mas o árbitro havia marcado falta na jogada. O Atlético acertou sua única finalização no primeiro tempo em um erro do zagueiro Djené, que tentou um recuo pouco inteligente para o goleiro David Soria. Suárez interceptou e girou batendo forte. Grande intervenção de Soria, e Correa mandou o rebote para fora.

No apagar das luzes da etapa inicial, Oblak vacilou. Primeiro, saiu da área para interceptar um lançamento e deixou a bola escapar. Giménez afastou e limpou a sua barra. No entanto, na sequência, Maksimovic cruzou e Stefan Mitrovic cabeceou com força na parte interna da trave. A bola ainda percorreu a linha de fundo na direção de Oblak, que levou um susto e não conseguiu fazer a defesa.

O domínio colchonero foi mais completo no segundo tempo, com 75% de posse de bola e chances um pouco melhores. Griezmann quase marcou um golaço de fora da área, e Suárez acertou cabeçada no travessão. Aos 28 minutos, Aleña foi expulso por uma falta dura em Matheus Cunha e não demorou muito para o Atleti empatar.

Mario Hermoso cruzou da esquerda, Suárez dominou, entrou na área e bateu forte de perna esquerda para empatar. Oblak redimiu-se com uma defesa à queima-roupa em batida de Enes Ünal na primeira trave, e Suárez arrancou a vitória aos 45 minutos do segundo tempo.

A defesa do Getafe afastou um lateral cobrado direto para a área, Vrsaljko jogou a bola de volta para a área de qualquer jeito, Mitrovic errou o tempo de bola e Suárez nem precisou pular para arrancar a quarta vitória colchonera no campeonato.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo