La Liga

O Valencia deu um gostinho de honra à sua torcida com a sensacional virada sobre o Villarreal

O Valencia paga por todos os erros e egos de sua direção nesta temporada. No último final de semana, o zagueiro Gabriel Paulista chegou a chorar diante dos microfones, ao comentar a luta contra o rebaixamento de um clube acostumado a figurar na Champions League. Nesta sexta, os valencianos abriam a rodada com um jogo importante no Estádio Mestalla, encarando o Villarreal – seu rival regional. E os torcedores viveram uma noite de orgulho em meio a tantos lamentos. Com dois gols depois dos 40 do segundo tempo, o Valencia buscou uma épica virada por 2 a 1. A equipe ainda contou com uma atuação brilhante de Jasper Cillessen no gol.

Na chegada ao estádio, o ônibus do Valencia foi recepcionado por um corredor de fogo feito por seus torcedores. Não seria uma noite fácil, especialmente pelo primeiro tempo. O jogo mantinha certo equilíbrio, com o time da casa encontrando dificuldades para criar perigo, mesmo insistindo bastante. O Villarreal passou a ameaçar mais depois dos 30 minutos e abriu o placar aos 40, num pênalti convertido por Gerard Moreno. Como se não bastasse, Cillessen evitaria um saldo pior antes do intervalo, desviando com o pé o arremate de Paco Alcácer.

No segundo tempo, o Valencia precisou sair para o ataque, mas encontrava muitas dificuldades para criar suas chances. E, quando o Villarreal atacava, Cillessen tinha que salvar. O goleiro faria outra grande defesa antes dos 20, diante de Gerard Moreno. Espalmou o chute rasteiro no puro reflexo. Como resposta, Gonçalo Guedes e Kevin Gameiro entraram em campo pelos Ches pouco depois. O Valencia melhorou e Daniel Wass acertou uma cabeçada no travessão, antes que José Gayà mandasse para fora. Do outro lado, quando o Submarino Amarelo reagiu, de novo Cillessen se agigantou contra Alfonso Pedraza.

O jogo começaria a mudar para o Valencia aos 40 do segundo tempo. Após um pênalti sobre Maxi Gómez, Carlos Soler empatou para o time da casa. Antes que a virada saísse, ainda assim, os Ches dependeram de outra defesaça de Cillessen. Carlos Bacca chutou no cantinho e o arqueiro conseguiu desviar com a ponta dos dedos. Graças aos milagres do camisa 13, a reviravolta se tornaria possível nos acréscimos.

Além de Cillessen, outro personagem fundamental à virada foi Gonçalo Guedes. O português vem sendo bastante criticado por sua queda de rendimento e pela aparente falta de empenho, chegando a receber uma punição do técnico Javi Gracia. Até esta sexta, tinha anotado apenas um gol por La Liga. O segundo veio em grande estilo, para decretar o triunfo. Christian Oliva recuperou a bola e passou a Guedes. O camisa 7 fintou a marcação e mandou um míssil, tirando do alcance de Sergio Asenjo. Apesar da importância de seu tento, ele preferiu não comemorar e colocou o dedo em riste sobre a boca. Nesta semana, a direção chegou a comentar que deveria vender o lusitano para manter o caixa girando rumo à próxima temporada.

O Valencia ganha uma nova perspectiva com a possível venda do clube, noticiada nesta semana. O tão contestado Peter Lim teria iniciado conversas com um príncipe da Malásia. A chance de tirar a instituição das mãos de Lim é ótima, mas há o risco de que outro aventureiro chegue. Enquanto isso, os Ches precisam se concentrar em seu objetivo, que é passar longe do rebaixamento. O time de Javi Gracia chega aos 30 pontos, ocupando o 11° lugar, oito pontos acima do Z-3. Já o Villarreal atravessa uma crise recente. Sem vencer há oito rodadas pela liga, o Submarino Amarelo é o sétimo colocado e pode colocar em xeque até sua presença na zona de classificação à Liga Europa.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.