La Liga

O Osasuna derrota o Villarreal fora de casa e se firma no pelotão que briga pelo G-4 em La Liga

Osasuna vem sendo um pesadelo como visitante neste início de temporada e venceu em La Cerámica

Os jogos adiados em La Liga permitem que equipes menos badaladas se metam entre os primeiros colocados. E uma grata surpresa neste início de campanha é o Osasuna, que chegou aos 17 pontos – igualado a Real Madrid, Sevilla e Atlético de Madrid. Os navarros conquistaram um resultado de peso neste domingo, aliás, reiterando sua força como visitante no início do torneio. Dentro do Estádio de la Cerámica, o Osasuna derrotou o Villarreal por 2 a 1, com o gol decisivo já nos minutos finais. A fase recente dos Rojillos é ótima, com quatro triunfos nas últimas cinco rodadas.

O Villarreal dominou a bola no primeiro tempo, mas foi estéril. O Osasuna se deu bem melhor em seu plano de jogo e saiu em vantagem. Aos 26, depois de uma bola aparada na área, Lucas Torró estufou os barbantes. O Submarino Amarelo mudou de atitude após o intervalo e empatou aos dez do segundo tempo. Após o cruzamento de Alfonso Pedraza, Gerard Moreno deu uma bela chicotada de primeira, numa pintura. Os anfitriões seguiram melhores, até carimbando a trave com Pedraza. Mas, sem a virada, tomaram o segundo aos 42. Aïssa Mandi deu um péssimo recuo e Chimy Ávila partiu com o caminho livre, para finalizar na saída de Gerónimo Rulli. No fim, ainda houve uma pressão do Villarreal pelo novo empate, mas de novo a trave impediu o gol de Pedraza.

Vale ressaltar que o Osasuna vem de duas campanhas satisfatórias desde que voltou à primeira divisão do Campeonato Espanhol. Os Rojillos tiveram uma jornada segura em 2019/20, quando terminaram na décima colocação, e ficaram em 11° na temporada passada, subindo de produção após um primeiro turno ruim. O técnico Jagoba Arrasate, no clube desde a segunda divisão, completa seu quarto ano no comando.

Em outro jogo deste domingo, o Sevilla, com um jogo a menos que o Osasuna, também chegou ao pelotão dos 17 pontos. Os andaluzes visitaram o Celta em Balaídos e saíram com o triunfo por 1 a 0, valioso especialmente pelos desfalques na escalação de Julen Lopetegui. O gol dos sevillistas saiu aos nove minutos do segundo tempo, num chute desviado que Rafa Mir dominou na área, antes de mandar para dentro. Os galegos, que tinham acertado a trave com Santi Mina pouco antes, pressionaram no fim e não tiveram sucesso.

Já a sexta posição é do Rayo Vallecano, outra boa nova em La Liga, neste retorno à primeira divisão. Os franjirrojos receberam o Elche em Vallecas e buscaram a virada por 2 a 1. Lucas Boyé marcou o primeiro gol aos visitantes, mas o Rayo empatou no primeiro tempo, com Mario Hernández escorando de cabeça. A vitória foi definida aos 20 do segundo tempo, num tiro de longe de Randy Nteka.

A Real Sociedad é a líder isolada com 20 pontos. Logo abaixo, aparecem na sequência com 17: Real Madrid, Sevilla, Atlético e Osasuna. Os madrilenos folgaram neste final de semana e estão com um jogo a menos, assim como os andaluzes. Já o Rayo ocupa o sexto lugar, com 16 pontos. Bem mais abaixo, o Villarreal é apenas o 11° colocado, com 11 pontos. O Elche ocupa o 14° lugar e o Celta é o 16°.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo