Não adianta Real Madrid e Barcelona tentarem ameaçar: o continua galopando em ritmo imparável na liderança do Campeonato Espanhol. O time de Diego Simeone alcançou o 15° triunfo em 18 partidas disputadas na competição, fazendo valer o favoritismo contra o , apesar da boa atuação dos visitantes. Os Ches saíram em vantagem no Wanda Metropolitano, mas o Atleti construiu a virada por 3 a 1. foi um dos destaques, com gol e assistência, enquanto ampliou seus números arrasadores neste início com a camisa colchonera.

Num começo de jogo muito movimentado, o Atlético de Madrid até criou as primeiras chances e fez o goleiro Jaume Domènech trabalhar. Todavia, logo Jan Oblak também precisaria realizar suas primeiras intervenções e o Valencia saiu na frente aos dez minutos. José Gayà passou para o meio e Uros Racic acertou um chute incrível, cheio de curva, que saiu de alcance de Oblak e morreu no ângulo. Pintura, que botava pressão sobre os colchoneros. O Atleti precisou ir para cima e não demorou para empatar. Aos 22, Thomas Lemar cobrou escanteio e a zaga parou. No segundo pau, o franzino João Félix completou e Jaume não conseguiu defender.

O Valencia fazia boa apresentação e ainda conseguiria segurar o Atlético no restante do primeiro tempo, mas os colchoneros definiram a parada na volta do intervalo. O segundo gol, de Luis Suárez, saiu aos oito minutos. Num contra-ataque, João Félix abriu na esquerda e esperou a passagem do Pistolero. Luisito dominou e, mesmo com pouco ângulo, chutou com perfeição para a bola beijar a trave antes de entrar. Depois do tento, o Valencia tinha a posse de bola, mas não ameaçava e ainda se abriria ao terceiro. Aos 26, em novo contragolpe, Marcos Llorente avançou à linha de fundo e serviu Ángel Correa, que fechou o placar. A partir de então, bastaria ao Atleti cozinhar o resultado, com chances até do quarto.

O Atlético de Madrid soma 47 pontos em 18 partidas. Ainda tem um jogo a menos que Real Madrid e Barcelona, por causa do duelo adiado contra o Athletic Bilbao. Quando os colchoneros conquistaram a taça em 2013/14, terminaram o primeiro turno exatamente com 50 pontos. No entanto, o Real Madrid agora não passa dos 40 e o Barcelona tem apenas 37, quanto tinham respectivamente 47 pontos e 50 pontos na mesma altura em 2013/14. O favoritismo dos rojiblancos neste momento é enorme. O Valencia, por sua vez, aparece na metade inferior da tabela. O time soma 20 pontos, dois acima da zona de rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore