La Liga

O Getafe acerta um pacotão romanista, com os empréstimos de Borja Mayoral e Gonzalo Villar

Com os dois jogadores renegados por Mourinho na Roma, o Getafe ganha opções na luta contra o descenso

José Mourinho nunca escondeu sua insatisfação com o elenco da Roma. Pelo contrário, o treinador realizou muitas críticas diante dos microfones, até para limpar sua barra. E um pacotão romanista acaba se mudando ao Getafe nesta janela de inverno. Os Azulones vêm em recuperação no Campeonato Espanhol, mas ainda assim correm risco de rebaixamento. Desta maneira, a diretoria buscou dois espanhóis que estavam na capital italiana: o meio-campista Gonzalo Villar e o centroavante Borja Mayoral, ambos trazidos por empréstimo.

Aos 24 anos, Mayoral é quem tem maior bagagem. O centroavante surgiu na base do Real Madrid e ainda tem contrato com os merengues. Porém, embora tenha sido reserva na conquista da Champions em 2017/18, o jovem rodou por diferentes empréstimos nos últimos anos. Defendeu o Wolfsburg e teve uma boa fase no Levante, que abriu o caminho para assinar com a Roma por empréstimo. Seu desempenho na temporada passada foi razoável, com 17 gols entre Serie A e Liga Europa. Todavia, Mourinho deixou bem claro que não contava muito com ele e a liberação para o Getafe foi facilitada.

Gonzalo Villar seria uma aposta mais arriscada da Roma. O meio-campista de 23 anos surgiu na base do Valencia e jogava com o Elche na segundona espanhola, quando a Loba resolveu contratá-lo em janeiro de 2020, por €5 milhões. O novato teve bastante espaço em 2020/21 e disputou o Campeonato Europeu Sub-21 com a sua seleção no último ano. Mas também seria renegado por Mourinho, sem entrar em campo pela Serie A em 2021/22, limitado apenas à Conference League. O empréstimo parece ser a melhor solução.

A situação não parece das mais cômodas para a Roma, que queima seus jogadores com a insatisfação do treinador. Melhor ao Getafe, que, para as suas condições, ganha dois reforços que podem ajudar na empreitada em La Liga. Os Azulones conquistam bons resultados desde a chegada de Quique Sánchez Flores e registraram resultados expressivos nas últimas rodadas, inclusive ao derrotarem o Real Madrid. Mas, um ponto acima da zona de rebaixamento, a equipe ainda depende de um impulso e explora o mercado. As novas opções são bem válidas, nessa perspectiva.

Mayoral está longe de ser um primor de centroavante, mas tem presença de área e sabe marcar seus gols. Talvez se encaixe no estilo de jogo dos Azulones. O mesmo dá para dizer sobre Villar, que talvez se redescubra num ambiente mais condizente ao seu nível. Os romanistas também fazem seus negócios em paralelo, ao trazerem Sérgio Oliveira e Ainsley Maitland-Niles. Porém, pela instabilidade interna já evidente na capital italiana, parece que Mayoral e Villar tomam melhor decisão ao buscarem novos ares de volta à Espanha.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo