La Liga

Messi lidera virada do Barcelona contra o Valencia e mantém líder Atlético de Madrid ao alcance

Argentino marcou duas vezes no 3 a 2, incluindo uma belíssima cobrança de falta; Soler também deixou o seu golaço

Cada qual à sua maneira, Atlético de Madrid, Real Madrid e Barcelona tiveram uma 34ª rodada de La Liga difícil, mas conseguiram vencer e mantiveram a disputa pelo título como antes deste fim de semana. O Barça teve que correr atrás dos rivais, jogando neste domingo (2), e enfrentou um Valencia disposto a dificultar sua vida. Com todos os gols marcados no segundo tempo, os Blaugranas venceram de virada, por 3 a 2, com dois gols de Lionel Messi.

O Barcelona começou bem o jogo e esteve perto de abrir o placar logo aos três minutos. Após excelente troca de passes e muita movimentação no ataque, Griezmann passou entre a linha de defesa do Valencia para De Jong, que ajeitou para o chute de Pedri, à esquerda do gol de Cillessen.

Em bola parada, o Barça assustou de novo, desta vez com Ronald Araújo. Messi cobrou falta, levantando na área, e o zagueiro se atirou à bola para finalizar e parou em boa defesa de Cillessen, que saiu no momento certo. O Valencia respondeu aos 20 minutos em contra-ataque rápido, mas o chute de Gayà saiu sem direção, pela linha de fundo.

Apesar das tentativas, os gols ficaram mesmo para depois do intervalo – mas não demoraram a chegar uma vez soado o apito. Aos cinco minutos do segundo tempo, Ter Stegen falhou ao tentar sair para afastar o escanteio, ficando no chão, queixando-se de falta de Thierry Correia, e Gabriel Paulista apareceu livre para cabecear e fazer 1 a 0 para o Valencia.

O Barcelona buscou o empate pouco tempo depois, aos 12 minutos: Toni Lato interceptou cruzamento com o braço, dentro da área, e o pênalti foi marcado. Messi foi para a cobrança, parou em defesa de Cillessen, mas Busquets pegou o rebote, tocou para trás, e, após primeira tentativa de Pedri, Messi completou para o gol.

Em bom ritmo, o Barcelona chegou à virada seis minutos depois com Griezmann, pegando o rebote de cabeçada de De Jong após cruzamento preciso de Jordi Alba. Outros seis minutos depois, aos 24, Lionel Messi cobrou falta com precisão para fazer 3 a 1, contando com a trave esquerda para vencer Cillessen.

O Valencia ainda deu emoção ao duelo na reta final graças a um golaço de Carlos Soler, que arriscou de longa distância e acertou o ângulo direito superior de Ter Stegen para diminuir aos 38 da segunda etapa. A reação, no entanto, parou por aí.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

Com Atlético de Madrid, Real e Barça fazendo seu dever de casa, resta ver como o Sevilla se sai nesta segunda-feira (3), contra o Athletic Bilbao, para sabermos se a corrida pelo título de La Liga segue aberta às quatro equipes ou se três delas começam a se descolar. O Atleti lidera com 76 pontos, enquanto Real e Barça aparecem na cola, com 74. O Sevilla tem 70.

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo