La Liga

Mallorca e Cádiz se salvaram na última rodada, o que provocou a surpreendente queda do Granada

O Granada só dependia de si, mas o empate em casa contra o Espanyol se tornou fatal em meio à sua queda livre

A principal disputa na rodada final de La Liga era contra o rebaixamento. Três equipes chegaram ao último compromisso em risco. E o Granada acabou se dando mal, perdendo duas posições para fechar a campanha dentro do Z-3. Os Nazaríes encaravam o Espanyol e não saíram do 0 a 0 no Estádio de Nuevo los Cármenes, com pênalti perdido e bola na trave já no final. Com isso, os andaluzes foram ultrapassados por Mallorca e Cádiz. O Mallorca venceu o Osasuna por 2 a 0 em Pamplona, enquanto o Cádiz bateu o rebaixado Alavés por 1 a 0 no País Basco.

O Granada fez uma temporada de altos e baixos, num nível bem diferente do que havia experimentado recentemente, quando chegou até à Liga Europa. Mesmo assim, os andaluzes só passaram cinco rodadas em toda a campanha dentro da zona de rebaixamento. O trabalho de Robert Moreno não engrenou e o treinador foi demitido numa sequência negativa. Rubén Torrencilla durou apenas cinco partidas, antes que Aitor Karanka assumisse a responsabilidade no fim. O novo comandante sofreu apenas uma derrota em seis jogos e chegou a enfiar 6 a 2 sobre o Mallorca no confronto direto. Não bastou, e mais pela reação dos concorrentes.

O Cádiz tinha vencido o Barcelona, além de empatar com o Real Madrid nas últimas semanas. Derrotar o lanterna Alavés, assim, não parecia problema para a equipe na rodada final. O gol decisivo foi anotado por Anthony Lozano, aos 31 do segundo tempo. Já o Mallorca via sua campanha se esfarelar, mas teria triunfos essenciais no fim. Bateu o Atlético de Madrid e, nas três últimas partidas, conseguiu sete pontos. Empatou com o Sevilla fora e ganhou do Rayo Vallecano em casa, até emplacar os 2 a 0 sobre o Osasuna. Ángel Rodríguez e Clément Grenier balançaram as redes.

O Granada, que dependia apenas de si, não conseguiu fazer sua parte diante da torcida. A equipe criou mais chances, mas empatou com o Espanyol por 0 a 0. Os andaluzes paravam no goleiro Diego López, até ganharem um pênalti aos 27 do segundo tempo. Jorge Molina chutou para fora. Como se não bastasse, antes do fim, Carlos Bacca carimbou a trave. Assim, o resultado rendeu o descenso. Os Nazaríes estavam em sua terceira temporada consecutiva em La Liga, ocupando a metade de cima da tabela nos dois anos anteriores. A queda foi abrupta.

O Granada encerra o campeonato com 38 pontos. Cádiz e Mallorca ficaram com 39, assim como o Getafe, que não tinha mais riscos. Já o Elche, que não cairia por uma combinação de resultados, ainda chegou aos 42 pontos e fechou o campeonato em 13°. Vale lembrar que Levante e Alavés já tinham caído por antecipação.

Standings provided by
Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo