La Liga

Lamela estreou com estilo no Sevilla: fez dois gols e ajudou o time a vencer o Rayo Vallecano

Contratado do Tottenham, Lamela começou a sua carreira pelo Sevilla em grande estilo, com dois gols e vitória

O início de carreira de Erik Lamela pelo Sevilla foi em grande estilo. Contratado junto ao Tottenham como contrapeso na negociação de Bryan Gil, o meia-atacante entrou no segundo tempo do jogo do Sevilla e brilhou: fez dois gols e ajudou o time na vitória por 3 a 0. Além dele, quem comandou a vitória da equipe foi o atacante Youssef Em-Nesyri, que fez o primeiro gol e participou do terceiro, dando a assistência. Os dois foram os maiores destaques da estreia de Sevilla no Campeonato Espanhol.

O Sevilla, comandado por Julen Lopetegui, contou com uma expulsão logo aos 15 minutos de jogo para ficar em vantagem. Oussama Idrissi foi lançado nas costas da defesa, deu um toque inteligente para tirar do goleiro Luca Zidane (sim, filho do homem) e foi derrubado. Pênalti e expulsão do goleiro. Para recompor o time, o técnico Andoni Iraola tirou o capitão Óscar Trejo para colocar o goleiro Stole Dimitrievski.

Já com o novo goleiro do Rayo Vallecano em campo, Em-Nesyri cobrou bem e marcou 1 a 0 para os rojiblancos. No segundo tempo, Erik Lamela entrou no lugar de Idrissi para fazer sua estreia em La Liga. Não demorou para que ele marcasse o seu primeiro gol pelo clube.

Em uma jogada trabalhada, que passou pelos pés de Lamela, a bola foi para a esquerda, um cruzamento que o brasileiro tentou finalizar, foi bloqueado, mas a bola sobrou para Lamela. Ele chutou e ainda deu sorte: a bola desviou e matou o goleiro Dimitrievski: 2 a 0 para os rojiblancos.

O terceiro gol veio aos 34 minutos, em uma jogada rápida de contra-ataque. En-Nesyri avançou em velocidade pelo lado esquerdo e viu Lamela pelo meio. Ele cruzou rasteiro e o argentino deu um carrinho para tocar para o fundo do gol: 3 a 0.

Uma estreia dos sonhos para Lamela. O argentino pode ser uma arma interessante para Lopetegui. “Sempre é bom que os jogadores entrem com o pé direito, ajudando a equipe a conseguir a vitória. Fez um bom trabalho ‘Coco’ [apelido de Lamela] não teve o tempo de preparação necessária, não jogou praticamente nenhum amistoso. Não está ainda no ponto ideal de forma, mas fez um bom trabalho. O prêmio dos gols sempre chega depois de um bom trabalho. Marko também fez um bom trabalho. Nos salvou em duas ocasiões. Mostrou que é um jogador competitivo e com caráter. Isso nos ajudará a termos a competitividade que queremos”, disse o treinador.

Confira os melhores momentos:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo