Eliminatórias da CopaLa Liga

La Liga decide não liberar jogadores de seleções da Conmebol após aumento de dias da data Fifa

La Liga reclama do aumento do número de dias da janela internacional e apoiará que clubes não liberem jogadores para seleções da Conmebol

La Liga decidiu que não liberará os jogadores que atuam por lá para seleções da Conmebol na próxima data Fifa, em setembro. A medida vem depois do que a entidade considerou como “uma grave decisão unilateral” da Fifa ao estender o período de janela internacional de 9 para 11 dias tanto em setembro quanto em outubro. A Premier League já tinha decidido não liberar jogadores para seleções que jogarão em países da sua lista vermelha, porque seria necessário que eles ficassem em quarentena de 10 dias ao voltarem.

A liga inglesa também reclamou do aumento de dias da janela internacional da Conmebol. A entidade que comanda o futebol sul-americano pediu o aumento do número de dias para poder encaixar três jogos por janela internacional, já que o calendário de jogos das Eliminatórias da Copa ficou atrasado pela pandemia da COVID-19. Os jogos foram suspensos em março de 2020 e só foram retomados em outubro. Depois, voltaram a ser adiados em março de 2021.

“Em relação à grave decisão unilateral da Fifa de aumentar, de 9 para 11 dias tanto em setembro quanto em outubro, do período internacional Fifa para a Conmebol, sem atender a outras soluções que foram propostas no World Leagues Forum, La Liga quer comunicar que apoiará em todos os âmbitos a decisão dos clubes espanhóis de não liberar seus jogadores pertencentes às seleções para a convocação da  Conmebol e realizará ações legais pertinentes contra essa decisão que afeta a integridade da competição ao não permitir a disponibilidade dos jogadores”, diz a nota de La Liga.

Segundo o comunicado de La Liga, são 25 jogadores de 13 clubes diferentes afetados pela decisão. O número ainda pode aumentar, porque faltam as convocações de Equador e Venezuela. “A associação espanhola entende que o calendário mundial não pode e nem deve ser modificado desta forma, especialmente existindo soluções alternativa”, diz a nota da liga espanhola.

Os efeitos podem ser pesados para as seleções da Conmebol, já que muitos dos seus jogadores atuam no Campeonato Espanhol. O Brasil tem dois jogadores da sua lista de convocados, anunciada no dia 13 de agosto, Eder Militão (Real Madrid) e Casemiro (Real Madrid). A Argentina tem nove convocados que atuam em La Liga. Os dois países se enfrentam no próximo dia 5 de setembro, em São Paulo, pelas Eliminatórias da Copa.

A Fifa já se manifestou a respeito da Premier League, a pedido da Conmebol, e disse que há obrigação de liberação dos jogadores. Parece que teremos uma guerra nos bastidores entre ligas e clubes contra a Fifa e as confederações, especialmente a Conmebol. Se as seleções sul-americanas não puderem contar com jogadores nem da Premier League e nem de La Liga, o prejuízo será imenso. Veremos cenas dos próximos capítulos.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo