La Liga

Em boa fase, Betis arranca uma virada fantástica e abre distância na zona de classificação à Liga Europa

O Campeonato Espanhol vê um G-4 consolidado, mas diferentes postulantes às vagas restantes nas copas europeias. O Villarreal vem em queda franca, enquanto a Real Sociedad recuperou sua boa sequência recentemente. E quem cresce neste segundo turno é o Betis, de Manuel Pellegrini. Os verdiblancos faziam uma campanha sem nada de tão excepcional, mas passaram a acumular vitórias nas últimas rodadas e ensaiam um retorno à Liga Europa. Nesta segunda, os verdiblancos fincaram o pé no G-6, com uma virada sensacional para cima do Alavés, transformando um 0x2 em 3×2 dentro do Benito Villamarín.

Depois de ganhar seus dois primeiros jogos, o Betis atravessou um momento ruim no primeiro turno de La Liga. Os verdiblancos chegaram a ocupar um modestíssimo 13° lugar no fim de novembro, bastante aquém dos investimentos e das ambições do clube. Todavia, o começo de ano é excepcional aos beticos. Desde que 2021 começou, o time só perdeu um jogo, num movimentado 3 a 2 contra o Barcelona. De resto, são sete vitórias em dez partidas desde janeiro, com direito a quatro triunfos consecutivos.

Diante do Alavés, se esperava vida mais tranquila ao Betis na Andaluzia. Os bascos, ameaçados pelo rebaixamento, abriram dois gols de vantagem no Estádio Benito Villamarín. Numa primeira etapa dominada pelos verdiblancos, os visitantes tiveram só 23% de posse de bola, mas marcaram os tentos em suas duas únicas finalizações. Joselu anotou o primeiro, aos 11, numa pancada cobrando falta que passou no meio da barreira. O Alavés evitou o empate e ampliou aos 24, numa cabeçada de Edgar Méndez.

O Betis tentou pressionar na sequência do primeiro tempo, mas a defesa adversária travava. A reação só começou na segunda etapa, depois que o Alavés já tinha ensaiado o terceiro e o goleiro Joel Robles realizou duas grandes defesas. Borja Iglesias então chamou a responsabilidade e descontou aos 16, cobrando pênalti. O interminável Joaquín também seria herói. O atacante havia saído do banco no intervalo e empatou aos 36, completando de cabeça um escanteio de Sergio Canales. Por fim, aos 43, Borja Iglesias definiu o placar. Emerson cruzou e o camisa 9 desviou de cabeça para determinar a virada.

O Betis soma 42 pontos, cinco de vantagem sobre o Villarreal, que vem na descendente. Os verdiblancos começam a criar uma gordura na zona da Liga Europa e diminuem as distâncias em relação ao G-4, seis pontos atrás do rival Sevilla. A diferença é grande, mas a queda de rendimento recente dos rivais indica que nada está perdido. Já o Alavés cai para o 19° lugar, com 22 pontos, a dois de sair da zona de rebaixamento.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo