La Liga

Barcelona tem cada vez mais a cara de Xavi e teve Dembélé protagonista na goleada sobre o Osasuna

Titular no ataque, Dembélé fez duas assistências, teve boa participação e ajudou o Barcelona de Xavi e mais uma vez jogar bem e golear

O Barcelona teve mais uma boa atuação no Campeonato Espanhol e goleou o Osasuna por 4 a 0 no Camp Nou neste domingo. Um resultado que veio com tranquilidade com três gols logo no primeiro tempo e teve um protagonista diferente: Ousmane Dembélé foi o grande nome da partida, com ótima atuação e brilhando com assistências.

Pensando no calendário importante que tem à frente, com jogo contra o Galatasaray na quinta-feira pela Liga Europa e clássico com o Real Madrid no próximo domingo, dia 20, o técnico Xavi Hernández fez algumas mudanças. Dani Alves, que não está inscrito no torneio europeu, voltou à lateral direita. Gavi e Pedri formaram o meio-campo com Sergio Busquets. Ousmane Dembélé ganhou chance no ataque ao lado de Ferran Torres e Pierre-Emerick Aubameyang.

O começo do jogo foi de domínio total do Barcelona. Logo a 14 minutos, o time abriu o placar. O árbitro pagou pênalti de Nacho Vidal sobre Gavi. Ferran Torres cobrou e marcou 1 a 0. Não demoraria para os blaugranas aumentarem. Ousmane Dembélé acionou Ferran Torres, que apareceu nas costas da defesa, pela esquerda, e tocou por baixo das pernas do goleiro Sergio Herrera: 2 a 0.

O jogo estava fácil e o Barcelona aproveitou para ampliar. Daniel Alves abriu na direita para Dembélé, que cruzou para a área e Aumayang se esticou em um carrinho para marcar: 3 a 0 no Camp Nou. Mais uma vez, boa participação de Dembélé na partida.

No segundo tempo, Clément Lenglet entrou no lugar de Gerard Piqué logo aos 17 minutos e Xavi aproveitou para poupar muitos jogadores: tirou Pedri e Aubameyang para colocar Riqui Puig e Memphis Depay.

Foi justamente com Riqui Puig que saiu o quarto gol. Ele chutou de fora da área e exigiu uma grande defesa do goleiro Sergio Herrera, mas ele mesmo correu para o rebote e teve muita tranquilidade para driblar o goleiro e esperar o momento certo para tirar dos defensores e marcar: 4 a 0.

Xavi parece ter conseguido dar uma identidade ao time, mesmo com as alterações, e tem conseguido tirar mais desempenho da equipe nos últimos jogos. O empate por 0 a 0 no meio de semana contra o Galatasaray teve boa atuação, mas que acabou desperdiçando muitas oportunidades.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo