La Liga

Athletic causou todos os problemas para o Barcelona, mas Memphis conseguiu arrancar o empate no San Mamés

Especialmente Eric García não conseguiu lidar com a velocidade de Iñaki Williams, e os bascos pareciam perto da vitória até o holandês empatar

O Barcelona venceu na última vez em que havia visitado o San Mamés, mas, antes disso, eram três derrotas e um empate em cinco jogos fora de casa contra o Athletic Bilbao, um desafio dos mais complicados do Campeonato Espanhol. Ainda mais neste momento em que os catalães aprendem a viver sem Lionel Messi. Nesse contexto, o empate por 1 a 1, arrancado por um gol de Memphis Depay, ficou de bom tamanho.

Especialmente pela maneira como a partida se desenvolvia até ali, com o Athletic Bilbao mais perigoso, sobretudo quando botava Iñaki Williams para correr em cima de Eric García. O zagueiro terá pesadelos com o atacante do Athletic Bilbao  – e com a família Williams porque o irmão Nico cavou a sua expulsão nos minutos finais. Mas talvez tudo teria sido diferente se Braithwaite chutasse um pouco mais para baixo.

Porque aos sete minutos, Memphis, formando o ataque com Griezmann e o dinamarquês, fez ótima jogada pela direita, e a bola sobrou limpinha para Braithwaite marcar. De frente, bem posicionado, sem marcação, ele isolou por cima do travessão.

O Athletic respondeu aos 10 minutos com uma ótima jogada de Oihan Sancet, que recebeu dentro da área, girou e encheu o pé de perna esquerda. O travessão ainda balança. Os bascos seguiram na pressão ao longo do primeiro tempo, sempre com Williams como o cara mais perigoso. Uma das boas chances foi travada na hora certa por Frenkie de Jong.

No primeiro minuto da etapa final, Bereguer ganhou pelo alto, García perdeu de novo para Williams e Neto saiu do gol para resolver. O rebote voltou para Bereguer, mas Ronald Araújo cortou em cima da linha. De tanto martelar, o placar foi finalmente aberto aos quatro minutos, quando Muniain bateu escanteio e Iñigo Martínez desviou de cabeça para fazer 1 a 0.

Neto precisou fazer outra defesa em chute forte de Sancet, e De Jong quase empatou com uma pintura. Recebeu de Jordi Alba, dominou e bateu de pé direito, com consciência, por cobertura. Acertou o travessão. Logo depois, porém, Sergi Roberto acionou Memphis pela esquerda e o empate saiu com um chute alto e forte de perna esquerda.

A jogada quase foi repetida, aos 41 minutos. Dessa vez, foi De Jong quem abriu com Memphis pela esquerda. O chute cruzado, porém, foi para fora. O Athletic Bilbao também teve a sua chance de vencer, quando Nico Williams recebeu perto do meio-campo, ganhou de Eric García na corrida – para variar -, mas o zagueiro espanhol teve presença de espírito para fazer a falta na entrada da área.

Levou o vermelho e deixou o Barça com um a menos, mas já eram os acréscimos do segundo tempo. A cobrança de falta não deu em nada, e os catalães ficaram com um ponto precioso. O começo da tabela, neste momento de transição, foi duro, com duelos contra Real Sociedad e Athletic Bilbao, dois fortes times do segundo pelotão. Quatro pontos nessa dobradinha são um bom resultado.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo