La Liga

Ancelotti: “Vinícius está num nível muito alto, dá para vê-lo muito tranquilo e frio diante do gol”

Vinícius Júnior recebeu elogios de Carlo Ancelotti e Benzema depois da vitória sobre o Celta no final de semana

Vinícius Júnior atravessa um início de temporada excelente com o Real Madrid. O ponta balançou as redes em três das primeiras quatro rodadas de La Liga, contribuindo decisivamente à virada sobre o Celta dentro do Santiago Bernabéu – num jogo ainda mais simbólico pelo reencontro com a torcida e pelo retorno ao estádio. E a noite do garoto mereceu elogios de diferentes membros dos merengues. Carlo Ancelotti exaltou o brasileiro, enquanto Karim Benzema (autor de uma tripleta sobre os galegos) o chamou de “fenômeno”.

“Vinícius é um jogador que tem uma qualidade impressionante. Ele está começando muito bem essa nova temporada. Ele precisa seguir em frente e nada mais. Está confiante neste momento. Dá para vê-lo muito tranquilo e frio diante do gol. Vem bem, com muita efetividade. É um jogador que está num nível muito alto”, analisou Carlo Ancelotti.

Sobre o desempenho coletivo do Real Madrid, o treinador também ponderou como é necessário melhorar defensivamente: “Mostramos qualidade no ataque, mas temos que melhorar no aspecto defensivo. Alaba e Mendy fazem falta, mas é preciso ajudar mais na defesa. A equipe mostrou muita qualidade ofensiva. Porém, a organização defensiva não está clara. A equipe fez um grande segundo tempo”.

Karim Benzema foi outro a exaltar o alto rendimento de Vinícius Júnior, aproveitando bem a parceria: “Vinícius é um fenômeno, gosto muito de jogar com ele. Tem demonstrado que pode jogar sempre no Real Madrid. Estou muito contente por ele. Ao final, o mais importante é que conseguimos os três pontos. Modric também nos ajudou muito, é um dos melhores do mundo em sua posição”.

Protagonista da noite com três gols e uma assistência, o francês apontou como foi um jogo distinto dos padrões de La Liga: “Foi uma noite especial. No primeiro tempo foi uma partida diferente, porque tivemos que voltar e nos adaptar. No segundo tempo fizemos tudo o que precisávamos para ganhar. A torcida nos deu tudo e isso se viu na metade final. Eu me sinto bem com o apoio do meu treinador, do presidente, da torcida e dos meus companheiros”.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo