Espanha

L.Fabiano brilha e Sevilla avança na Copa do Rei

O Sevilla garantiu a classificação para as oitavas-de-final da Copa do Rei graças a Luís Fabiano. O brasileiro marcou os três gols na goleada de 4 a 0 sobre o Ponferradina, time da terceira divisão espanhola. O resultado foi mais do que suficiente para reverter o placar de 1 a 0 obtido há duas semanas, na partida de ida. 

Os comandados de Manolo Jiménez buscavam o gol desde o primeiro minutos, mas o gol só saiu aos 29min, com Luis Fabiano. Aproveitando ótimo passe de Romaric, brasileiro tocou com tranqüilidade na saída do goleiro para fazer o único gol da primeira etapa.

Aos 49min, Luís Fabiano Luis Fabiano avançou com velocidade em direção à área do Ponferradina e novamente balançou as redes tocando com muita categoria. O terceiro veio aos 66min, novamente com ele. Renato, dentro da área, tocou para o compatriota que dominou, driblou os zagueiros e bateu por baixo do goleiro.

Cansado, o atacante pediu para sair no fim da partida e foi ovacionado pela torcida. Aos 90min, Maresca ainda teve tempo para ampliar.

No outro jogo desta quinta-feira, o Osasuna venceu o Getafe por 1 a 0. O gol marcado por Pandiani aos 32min do primeiro tempo foi suficiente para garantir a classificação do time da casa, já que o primeiro jogo havia empatado por 0 a 0. 

Confira os jogos de volta das 1/16-de-final pela Copa do Rei (entre parênteses, o resultado do jogo de ida):

Terça, 11/novembro
Real Madrid 4×3 Real Unión (2-3) 

Quarta, 12/novembro
Villarreal 1×1 Poli Ejido (0-5)
Espanyol 3×0 Celta (2-2)
Valladolid 2×2 Hércules (5-1)
Atlético de Madrid 0x0 Orihuela (1-0)
Barcelona 1×0 Benidorm (1-0)
Valencia 3×0 Portugalete (4-1)
Deportivo La Coruña 2×0 Elche (2-0)
Racing Santander 2×0 Murcia (1-2)
Almería 3×0 Rayo Vallecano (2-1)
Mallorca 2×0 Málaga (1-1)
Betis 2×0 Castellón (2-0)
Sporting Gijón 2×0 Numancia (1-0)
Recreativo Huelva 2×1 Athletic Bilbao (0-2)

Quinta, 13/novembro
Osasuna 1×0 Getafe (0-0)
Sevilla 4×0 Ponferradina (0-1)

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo