EspanhaLa Liga

Jonas resgata o Valencia no último lance e alivia crise

O Valencia vive um momento delicado. Além dos problemas financeiros enfrentados nos últimos anos, o clube agora também passa por uma crise política, com a saída do presidente Manuel Llorente na última sexta. Ao menos dentro de campo a torcida tem um alento. Em uma noite que tinham tudo para sair do Mestalla com a vitória, os Ches conseguiram nos acréscimos do segundo tempo a vitória por 2 a 1 sobre o Valladolid.

Criando as melhores oportunidades, o Valencia inaugurou o placar aos 38 minutos. Após toque de Mathieu, Balenziaga mandou contra as próprias redes. Já na etapa final, Roberto Soldado desperdiçou a chance do segundo. O centroavante viu o goleiro Dani Hernández parar sua cobrança de pênalti, em lance que também resultou na expulsão de Sereno. Mesmo com um a mais, os Ches a desgraça aumentar quando Óscar igualou o placar. Somente aos 48 é que veio o alívio. Herói da noite, Jonas marcou de cabeça e fez as arquibancadas explodirem.

O ajuda muito o Valencia na disputa pela quarta vaga à Liga dos Campeões, classificada como vital por Manuel Llorente em seu discurso de saída. O time assume a quinta colocação, com 49 pontos, e dois a menos que a Real Sociedad, logo à frente. Já o Valladolid, sem maiores interesses na competição, é o 13º na tabela.

Atlético tropeça e deixa Real se distanciar

Depois do excelente início de temporada, o Atlético de Madrid claramente perdeu forças. Os colchoneros chegaram ao quarto empate nos últimos seis jogos ao ficarem no 0 a 0 contra o Getafe no Coliseum Alfonso Pérez. O time de Diego Simeone permanece tranquilo na terceira colocação, mas vê o Real Madrid abrir dois pontos de vantagem a sua frente. Já o Getafe, sonhando com as competições europeias, é o oitavo.

Em jogo pouco empolgante, Radamel Falcao García protagonizou as melhores chances do Atleti, mas mostrou estar longe de sua melhor fase ao acumular falhas. Quando acertou o gol, parou em boas defesas do goleiro Codina. Durante os 20 minutos finais, o Atlético teve que se segurar com um a menos, após a expulsão de Mario Suárez. E o time ainda ficou com nove nos acréscimos, com Diego Godín também recebendo o vermelho.

O único time da capital a se dar bem no domingo foi o Rayo Vallecano,m que visitou o Celta no Estádio de Balaídos e voltou para Madri com a vitória por 2 a 0. Os gols dos castelhanos foram anotados por Piti e Delibasic. O Rayo é o oitavo, a três pontos da zona de classificação à Liga Europa, enquanto o Celta permanece na penúltima colocação.

Já o Espanyol galgou mais algumas posições ao superar o caldeirão no Estádio Reyno de Navarra e bater o Osasuna por 2 a 0. Héctor Moreno e Wakaso Mubarak garantiram o triunfo, que deixa os catalães na 11ª colocação. O Osasuna, por sua vez, aparece em 15º, cinco pontos acima da zona de rebaixamento.

Confira os resultados da 30ª rodada de La Liga:

Sexta-feira, 5/abr
Granada 1×5 Betis

Sábado, 6/abr
Real Sociedad 4×2 Málaga
Real Madrid 5×1 Levante
Deportivo 3×2 Zaragoza
Barcelona 5×0 Mallorca

Domingo, 7/abr
Celta 0x2 Rayo Vallecano
Osasuna 0x2 Espanyol
Getafe 0x0 Atlético de Madrid
Valencia 2×1 Valladolid

Segunda-feira, 8/abr
Sevilla x Athletic Bilbao

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo