Espanha

Guia do Campeonato Espanhol

 O verão tem sido estranho no futebol espanhol. A maior contratação foi realizada semanas após o fim da temporada anterior e acabou ofuscada pelos preparativos para a Copa do Mundo. Depois, o Mundial termina e a Espanha não está com clima de mais uma decepção. Não deixam de ser boas notícias.

O título na África do Sul dá um impulso extra à liga que já era uma das mais ricas da Europa. E a falta de alguma contratação bombástica coloca o foco no que Barcelona e Real Madrid estão fazendo, não em quem eles comprarão. Claro, o Barça tentou Fàbregas e o Real fez oferta por Maicon e ainda tenta Özil. Em anos anteriores, os dirigentes não teriam aceito o “não” como resposta e dariam um jeito de contratar esses jogadores.

Enquanto Real e Barça fazem uma guerra mais fria o normal, os médios tentam consolidar os trabalhos feitos nas últimas temporadas. O Atlético de Madrid pode dizer que tem o melhor jogador da última Copa. O Athletic Bilbao também merece atenção especial. Fora Valencia, Villarreal, Sevilla…

Mas ficam para semana que vem. Por ora, fique com o que de melhor e pior podem fazer dez times que disputam o “Espanholão”. E, antes que alguém acuse a coluna de preferir um time ao outro, a divisão é por ordem alfabética, apenas isso.

Almería

Nome do clube: Unión Deportiva Almería
Estádio: de los Juegos Mediterráneos (22.000), em Almería
Site oficial: www.udalmeriasad.com
Principal jogador: Kalu Uche (A)
Quem chegou: Ulloa (Castellón), Jakobsen (Aalborg-DIN), Carlos García (Betis), Luque (Barcelona B), Valeri (Porto-POR), Marcelo Silva (Danubio-URU), Rigo (Almería B)
Quem saiu: Cisma (Racing de Santander), Soriano (Osasuna), Solari, Borzani, Alex Quillo e Gilherme (Recreativo de Huelva), Chico (Genoa-ITA) e Natalio (Tenerife)
Técnico: Juanma Lillo
Colocação em 2009/10: 13º
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento
Previsão Trivela: foge do rebaixamento

Temporada após temporada, o Almería exercita sua capacidade de manter um time minimamente competitivo gastando pouco. Para o próximo campeonato, manteve alguns de seus principais jogadores, como o goleiro Diego Alves, o meia Crusat e os atacantes Solari e Piatti. Uche ainda está no elenco, mas pode sair até o fim da janela de transferências. Entre as caras novas, o mais promissor é Valeri, argentino que surgiu muito bem no Lanús, mas teve desempenho apenas regular no Porto.

Athletic Bilbao

Nome do clube: Athletic Club
Estádio: San Mamés (39.750), em Bilbao
Site oficial: www.athletic-club.net
Principal jogador: Javi Martinez (M)
Quem chegou: San José (Liverpool-ING), Ibai Gómez (Sestao), Igor Martínez (Alavés), Balenziaga (Numancia), Raúl Fernández (Granada), Iñigo Pérez e Iturraspe (Bilbao Athletic)
Quem saiu: Etxeberria (aposentado), Armando (aposentado), Yeste (Al Wasl-EAU), Zubiaurre (Albacete), Muñoz (Cartagena) e Etxeita (Elche)
Técnico: Joaquín Caparrós
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: Liga Europa
Previsão Trivela: classifica para a Liga Europa

San José é um reforço interessante, que mostra a proposta do Athletic de aumentar sua reserva de jogadores jovens – fundamental para quem se nega a ter jogadores não-bascos no elenco. Mas o principal mesmo é ver que os únicos nomes importantes a sair são os de Yeste e Etxeberría, dois veteranos que se mantinham no time mais pelo simbolismo. Com Iraizoz, Ustaritz, Susaeta, Toquero, Muniain e, principalmente, os campeões mundiais Javi Martinez e Llorente, o time bilbaíno tem talento para brigar mais uma vez por classificação à Liga Europa. E, se souber manter o trabalho com os jovens, dá para sonhar com briga pela Liga dos Campeões em 2011-12.

Atlético de Madrid

Nome do clube: Club Atlético de Madrid
Estádio: Vicente Calderón (54.851), em Madri
Site oficial: www.clubatleticodemadrid.com
Principal jogador: Diego Forlán (A)
Quem chegou: Fran Mérida (Arsenal-ING), Diego Costa (Valladolid), Mario Suárez (Mallorca), Filipe Luis (Deportivo de La Coruña) e Godín (Villarreal)
Quem saiu: Pablo (West Bromwich-ING), Pernía e Roberto (Benfica-POR), Pacheco (Independiente-ARG), Tiago (Juventus-ITA) e Rubén Pérez (Deportivo de La Coruña)
Técnico: Quique Sánchez Flores
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: Liga dos Campeões
Previsão Trivela: classifica para a Liga dos Campeões

Por enquanto, não teve problemas para manter Forlán, o melhor jogador da última Copa do Mundo (de acordo com a eleição da Fifa), nem seu companheiro Agüero. Com a chegada do promissor Fran Mérida e do insinuante Filipe Luís, o Atlético segue como uma das equipes mais fortes da Espanha. O problema é que a defesa continua fraca, pois é difícil imaginar que apenas a chegada de Godín resolva os crônicos problemas da retaguarda colchonera. O time precisa que o jovem goleiro De Gea amadureça e Simão, Ujfalusi e Antonio López joguem um futebol compatível com a esperança que a diretoria tem neles para dar passos adiantes. Caso contrário, continuará brigando entre a quarta e a oitava posições.

Barcelona

Nome do clube: Futbol Club Barcelona
Estádio: Camp Nou (98.772), em Barcelona
Site oficial: www.fcbarcelona.com
Principal jogador: Lionel Messi (A)
Quem chegou: David Villa (Valencia) e Adriano (Sevilla)
Quem saiu: Yaya Touré (Manchester City-ING), Chygrynskiy (Shakhtar Donetsk-UCR), Henry e Rafa Márquez (New York Red Bulls-EUA), Keirrison (Santos-BRA) e Henrique (Racing de Santander)
Técnico: Pep Guardiola
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: Título
Previsão Trivela: campeão

Está de presidente novo, mas pode-se dizer que o sistema de trabalho tem poucas alterações. Zubizarreta é o novo diretor esportivo, mas não tem intenção de interferir muito no projeto de Guardiola. As saídas de Yaya Touré, Chygrynskiy, Henry e Rafa Márquez têm pouco prejuízo técnico – todos já estavam sem espaço – e ainda tiram um pouco da “gordura” do elenco. Mais garotos devem ter oportunidade. Das novidades, a maior é David Villa, que deve dar mais velocidade para um ataque que não absorveu bem Ibrahimovic. O sueco, aliás, ainda pode sair, provavelmente como moeda de troca para alguma contratação mais ousada de última hora. No geral, a projeção é de uma equipe com características muito parecidas com a das duas últimas temporadas, mas um lateral-esquerdo mais participativo e um centroavante mais incisivo que Ibrahimovic.

Deportivo de La Coruña

Nome do clube: Real Club Deportivo de La Coruña
Estádio: Riazor (34.600), em A Coruña
Site oficial: www.canaldeportivo.com
Principal jogador: Andrés Guardado (M)
Quem chegou: Míchel (Valencia), Saúl (Elche), Desmarets (Vitória de Guimarães-POR), Urretaviscaya (Benfica-POR), Stopira (Santa Clara-POR), Rubén Pérez (Atlético de Madrid) e Aythami (Xerez)
Quem saiu: Mista (Toronto FC-CAN), Bodipo (Vaslui-ROM), Angulo e Sergio (Levante), Bergantiños (Granada), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Pérez (Ponferradina) e Castro (Betis)
Técnico: Miguel Ángel Lotina
Colocação em 2009/10: 10º
Objetivo na temporada:
Liga Europa
Previsão Trivela: meio de tabela

Uma força até o começo da década, o Deportivo dá mais alguns passos para trás. O clube vendeu Filipe Luís e não trouxe ninguém à altura. Para piorar, o elenco vai envelhecendo e fica cada vez mais difícil imaginar que uma base com Manuel Pablo e Valerón terá fôlego para vôos altos em La Liga. Em A Coruña, há até quem fale em luta contra o rebaixamento. Pode ser meio exagerado, mas a verdade é que o Depor precisa de muita determinação e manter a eficiência defensiva das últimas temporadas para se manter no pelotão intermediário.

Espanyol

Nome do clube: Reial Club Esportiu Espanyol de Barcelona
Estádio: Cornellà-El Prat (40.500), em Barcelona
Site oficial: www.rcdespanyol.com
Principal jogador: Kameni (G)
Quem chegou: Dátolo (Napoli-ITA), Osvaldo (Bologna-ITA), Lucas Mattioni (Mallorca) e Galán (Girona)
Quem saiu: Tamudo (Real Sociedad), Pillud (Racing de Santander), Ruiz e Roncaglia (Estudiantes-ARG), Marqués (Parma-ITA), Beranger (Tenerife), Ben Sahar (Hapoel Tel-Aviv-ISR), Lola (Partizan-SER), Pareja (Spartak Moscou-RUS), Martínez (Girona) e Román (Tigre-ARG)
Técnico: Mauricio Pochettino
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: Liga Europa
Previsão Trivela: meio de tabela

A temporada passada foi mais turbulenta do que o clube projetava. O novo estádio deixou a torcida animada e ajudou o time a conquistar bons resultados, mas o ataque foi quase estéril durante todo o campeonato, o que custou alguns sustos até a reta final. Para ter sorte diferente, o Espanyol só precisa de mais organização em campo. O time, em teoria, é competitivo. Kameni é um bom goleiro, Dátolo pode ser um reforço interessante no meio-campo e Luis García, Corominas e Ivan Alonso dão opções na frente.

Getafe

Nome do clube: Getafe Club de Fútbol
Estádio: Coliseum Alfonso Pérez (18.000), em Getafe
Site oficial: www.getafecf.com
Principal jogador: Manu del Moral (A)
Quem chegou: Borja (Valladolid), Marcano (Villarreal), Kas (Besiktas-TUR), Arizmendi (Zaragoza), Mosquera (Real Madrid Castilla) e Colunga (Recreativo de Huelva)
Quem saiu: Celestini (Lausanne-SUI), Cortés (Hércules), Belenguer (Betis), Adrián e Soldado (Valencia), Guerrón (Atlético Paranaense), Pedro León (Real Madrid), Pallardó (Levante) e Kepa (Recreativo de Huelva)
Técnico: Míchel
Colocação em 2009/10:
Objetivo na temporada: Liga Europa
Previsão Trivela: meio de tabela

O clube fez tudo direito para se manter como uma das surpresas do campeonato (fica a questão: até quando o Getafe é surpresa?). Perdeu León e Soldado, mas o resto da base segue sem muitas alterações. Ustari ainda não convence completamente no gol, mas ainda pode crescer. Cata Díaz vem de boa temporada, assim como Albín. Na frente, Manu del Moral é o jogador com mais capacidade de decidir uma partida. Arizmendi é um bom reforço, mas precisa recuperar o futebol que apresentou no Deportivo entre 2005 e 2007.

Hércules

Nome do clube: Hércules Club de Fútbol
Estádio: José Rico Pérez (30.000), em Alicante
Site oficial: www.herculescf.es
Principal jogador: Abraham Paz (D)
Quem chegou: Thomert (Le Mans-FRA), Fritzler (Lanús-ARG), Abel Aguilar (Udinese-ITA), David Cortés (Getafe) e Pulhac (Dinamo Bucareste-ROM)
Quem saiu: Moya (Xerez), Bautista, Noriega, Rodri Gimeno, Delibasic, Ruz, Jorge Alonso (Valladolid), Del Olmo, Sergio Díaz (Gimnàstic) e Danciulescu
Técnico: Esteban Vigo
Colocação em 2009/10: 2º (segunda divisão)
Objetivo na temporada: escapar do rebaixamento
Previsão Trivela: rebaixa

No papel, é uma equipe superior às que brigam no pelotão de baixo da tabela. Tem em Calatayud um goleiro acima da média. Farinós e Rufete dão experiência no meio-campo e Portillo e Tote formam uma dupla de ataque decente. Fritzler pode dar um pouco de talento a mais. Só que há duas questões importantes: não é incomum na Espanha times que lutam contra o rebaixamento investirem em nomes de mais peso e acabarem não suportando o próprio peso. O Murcia cometeu esse erro em sua última passagem pela elite. O Zaragoza quase fez o mesmo na temporada passada. Outro problema dos herculinos é a turbulência institucional desde que a promoção do clube foi colocada sob suspeita por denúncia de suborno de adversários.

Levante

Nome do clube: Levante Unión Deportiva
Estádio: Ciutat de Valencia (25.534), em Valência
Site oficial: www.levanteud.com
Principal jogador: Rubén Suárez (A)
Quem chegou: Xavi Torres (Málaga), Pallardó (Getafe), Sergio (Deportivo de La Coruña), Stuani (Reggina-ITA) e Munúa (Málaga)
Quem saiu: Guerra (Valladolid), Cendrós (Mallorca), Manu (Alcorcón), Serra (Girona), Sánchez (Alcorcón), Pina, Samuel, Del Moral e Dani Carril (Las Palmas)
Técnico: Luis García Plaza
Colocação em 2009/10: 3º (segunda divisão)
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento
Previsão Trivela: rebaixa

O Levante já teve muitos problemas financeiros nas últimas temporadas. Por isso, deixou de lado a empolgação por reforçar o elenco e manteve uma base econômica para o retorno à elite. Isso deixa os valencianos como candidatos fortes ao rebaixamento, mas a continuidade do trabalho pode ser suficiente. Rubén Suárez, uns dos goleadores da Segundona na temporada passada, é o grande nome. Entre os reforços, o mais conhecido é o meio-campista Sergio, que já teve rápida passagem pela seleção espanhola. Stuani, pelos gols que fez pelo Albacete na segunda divisão, também pode ajudar.

Málaga

Nome do clube: Málaga Club de Fùtbol
Estádio: La Rosaleda (28.963)
Site oficial: www.malagacf.com
Principal jogador: Duda (M)
Quem chegou: Eliseu (Lazio-ITA), Rondón (Las Palmas), Malagueño (Indios-MEX), Sandro Silva (Botafogo-BRA), Fernández (Banfield-ARG) e Galatto (Litex Lovech-BUL)
Quem saiu: Muñiz, Fernando, Stepanov (Porto-POR), Santamaría (Las Palmas), Munúa (Levante), Valdo (Espanyol), Caicedo (Manchester City-ING), Obinna (Internazionale-ITA), Forestieri (Genoa-ITA), Martí e Ángel
Técnico: Jesualdo Ferreira
Colocação em 2009/10: 17º
Objetivo na temporada: fugir do rebaixamento
Previsão Trivela: rebaixa

Começou a temporada passada animado pela boa campanha no ano anterior. Acabou comemorando uma salvação improvável do rebaixamento na última rodada. Para o novo trabalho, a diretoria contratou um técnico experiente, o português Jesualdo Ferreira (ex-Porto), e se desfez de alguns nomes caros do elenco, como Caicedo e Obinna. Aposta em um time sem estrelas. Pode até dar certo, pois não seria algo tão incomum no futebol espanhol. Mas a sensação é que o Málaga se montará durante a competição (neste sábado foram anunciadas cinco dispensas), o que raramente é bom…

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo