Espanha

O goleiro mais caro do mundo deixa o Real Madrid quase sem jogar

O Real Madrid decidiu que não vai continuar com o goleiro mais caro do mundo em seu elenco para a próxima temporada

Campeão de La Liga e na final da Champions League, o Real Madrid só tem o que comemorar nesse final de temporada. Carlo Ancelotti sofreu com o calvário de lesões ao longo de 2023/24, perdendo seus principais jogadores para o departamento médico, entre eles, está Thibaut Courtois, que praticamente não jogou. Para seu lugar, os Merengues trouxeram o goleiro mais caro do mundo – que já está de saída.

Trata-se de Kepa Arrizabalaga, que foi contratado pelo Chelsea em agosto de 2018 por € 80 milhões (cerca de R$ 345 milhões à época). Sem espaço nos Blues, o espanhol foi emprestado ao Real Madrid no início da temporada devido à grave lesão do titular belga. O arqueiro de 29 anos chegou aos Blancos com a expectativa de substituir Courtois, mas acabou sendo preterido.

Segundo o jornal As, o Real Madrid já avisou que não vai comprar Kepa em definitivo, e por isso, ele retornará ao Chelsea a partir de julho. Antes de voltar à Premier League, o goleiro fará pelo menos um último jogo com a camisa dos Merengues nas quatro partidas que restam para o término de 2023/24. A comissão técnica está orgulhosa com a postura do espanhol e quer o recompensar.

Kepa chegou a ter uma sequência no gol do Real Madrid, só que perdeu a posição para Andriy Lunin com o passar da temporada. Mesmo assim, o espanhol manteve o profissionalismo e deu tudo de si nos treinamentos. O goleiro também sempre motivou seus companheiros. Tais aspectos ajudam a explicar porque os Blancos querem fazer uma despedida digna.

Kepa não rendeu no Real Madrid

A verdade é que Kepa não rendeu o esperado no Real Madrid, tanto que não transmitiu segurança ao substituir o gigante belga, que é um dos pilares do técnico italiano. Em um primeiro momento, Ancelotti resolveu apostar no espanhol. Contudo, o goleiro falhou na semifinal da Supercopa da Espanha, na vitória dos Merengues sobre o Atlético de Madrid por 5 a 3, na prorrogação, o que custou sua titularidade.

Dali para frente, o reserva ucraniano agarrou a oportunidade e se tornou um peça fixa do Real Madrid. Kepa, por sua vez, passou a jogar em raras ocasiões, geralmente em formações mistas. O treinador dos Blancos chegou a dizer que tinha dois titulares, alegando que o espanhol e Lunin não eram indiscutíveis, mas isso mudou a partir de janeiro deste ano.

Apesar disso, Kepa não estragou o clima do vestiário. Pelo contrário. Ele entendeu as motivações de Carlo Ancelotti e continuou fazendo seu trabalho em silêncio. O profissionalismo do espanhol encantou o Real Madrid. Seu espaço no fim do ciclo vem não por pena, mas sim pelo reconhecimento de seu perfil batalhador nos Merengues.

Kepa Arrizabalagaa tem 1740 minutos pelo Real Madrid, sendo 1560 até a Supercopa da Espanha. Depois disso, o arqueiro de 29 anos foi escalado nos triunfos sobre Almería (3 a 2) e Real Sociedad (1 a 0), ambos por La Liga. Como tudo já está resolvido no campeonato, a tendência é que o espanhol dê seu adeus no Santiago Bernabéu, apoiado pela torcida.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo