EspanhaLa Liga

Em jogaço contra o Athletic, Cristiano Ronaldo resolveu para o Real com dois belos gols

Como já dava para se prever, o Real Madrid enfrentou um jogo complicado neste sábado, no Estádio Santiago Bernabéu. E o placar até engana um pouco, ao indicar os desdobramentos do confronto com o Athletic Bilbao. Os leones peitaram os merengues e viram Keylor Navas operar grandes defesas durante os 90 minutos. Mas, de fato, foram inferiores aos donos da casa, principalmente por conta da tarde inspirada de Cristiano Ronaldo. Com dois gols e uma assistência, o camisa 7 brilhou na goleada por 4 a 2. E não só pela efetividade, como também pela beleza de seus tentos.

Cristiano Ronaldo começou desequilibrando logo aos três minutos de jogo. Abriu o placar a partir de uma linda jogada individual. O artilheiro fintou a marcação e soltou a perna, em ótimo chute cruzado, no ângulo de Iraizoz. Só que a partida não seguiria de maneira tão fácil no primeiro tempo. O Athletic buscou o empate logo na sequência, depois de uma pixotada de Varane, que atrasou muito mal a bola e permitiu que Eraso igualasse. Depois disso, o confronto esteve aberto, com boas chances para os dois lados. Prevaleciam os goleiros. E quando Navas nada pôde fazer, o travessão evitou a virada de Aduriz.

Aos 37, contudo, o Real Madrid encaminhou a vitória. Chamando bastante o jogo para si, James Rodríguez acertou chute de fora da área e retomou a vantagem no placar. Já aos 45, coube a Toni Kroos anotar o terceiro, fazendo um digno trabalho de pivô após passe de Cristiano Ronaldo. A vantagem permitiu ao Real Madrid controlar a partida e diminuir a aceleração na volta do intervalo. E, sem o mesmo ímpeto dos alvirrubros, sacramentar os três pontos, independente da expulsão de Varane. Cristiano Ronaldo somou outro golaço em sua conta, dominando no peito e deixando o zagueiro no chão antes de fuzilar. No fim, coube a Elustondo diminuir a diferença e tornar o placar um pouco menos cruel aos bascos.

Coletivamente, o Real Madrid funcionou muito bem no ataque, apesar dos repetidos vacilos defensivos. O time soube trabalhar o passe e criar ocasiões de gol aos montes. E, mesmo sendo o destaque individual, Cristiano Ronaldo também ajudou o coletivo a funcionar. Paulatinamente, o craque volta a demonstrar sua mobilidade para abrir espaços aos companheiros, além da qualidade técnica e do faro de gol já conhecidos. Assim, teve papel fundamental para resgatar o time nos momentos mais difíceis. Com Zidane, já não deixa mais a impressão de que esta é sua pior temporada desde que chegou a Madri. Com os dois tentos deste sábado, CR7 assume a artilharia isolada do Campeonato Espanhol, 21 no total. Nos últimos 14 jogos, são 19 gols e nove assistências em todas as competições – resolvendo um jogo de peso neste sábado, o que muito lhe cobravam.

Com o time crescendo de produção novamente, o Real Madrid se coloca entre os candidatos ao título. Assume provisoriamente a segunda colocação, dois pontos acima do Atlético de Madrid e um abaixo do Barcelona – que, entretanto, tem duas partidas a menos.  E, contando com Cristiano Ronaldo em seu melhor, as esperanças de faturar grandes títulos nos primeiros meses com Zidane se reforçam. Nada está perdido, ainda mais com um craque no nível exibido neste sábado.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo