EspanhaEuropaInglaterraItália

Os “quase campeões” que adiaram a festa nesta semana

Neste fim de semana, muitas equipes pela Europa poderiam comemorar antecipadamente a conquista de títulos e outros feitos. Porém, a festa acabou adiada por tropeços ou outros resultados desfavoráveis. Veja quem ainda não pode soltar o grito de campeão, veja o que evitou a comemoração antecipada e saiba o que cada time precis fazer para chegar lá.

Barcelona, Campeonato Espanhol

O Barça precisava apenas vencer o Athletic Bilbao, no San Mamés, para garantir o título com cinco rodadas de antecipação, independentemente do resultado do clássico entre Real Madrid e Atlético. Jogando fora de casa, a equipe catalã saiu atrás, sofrendo gol de Susaeta, mas contou com a entrada de Messi para mudar o jogo: o craque fez um golaço e deu uma assistência para Sánchez virar. Quando a torcida estava prestes a soltar o grito de campeão, a defesa falhou novamente, nos acréscimos, e Ander Herrera adiou a festa, marcando o gol de empate. No próximo domingo, uma vitória simples sobre o Betis garante o título. Uma derrota do Real Madrid no sábado, contra o Valladolid, também garante a festa. Ainda, se o Real Madrid empatar com os Pucela, um empate no Camp Nou também serve.

Juventus, Campeonato Italiano

A Juventus tinha poucas chances de comemorar o título neste fim de semana porque o Napoli, vice-líder, enfrentaria o virtualmente rebaixado Pescara. Não deu outra: a vitória por 3 a 0 dos azzurri no estádio Adriatico adiou a festa da Juve, mesmo com a vitória da Velha Senhora sobre o Torino no dérbi de Turim. Na próxima semana, um empate contra o Palermo garante o título alvinegro, independentemente de qualquer outro resultado.

Galatasaray, Campeonato Turco

O Galatasaray precisava contar com um tropeço do Fenerbahçe e uma vitória sua para comemorar o título hoje, com três rodadas de antecedência. Jogando fora de casa, o Galatasaray fazia sua parte e vencia o Gaziantepspor por 1 a 0, com gol de Burak Yilmaz, enquanto o Fener apenas empatava em casa com o Kayserispor. Porém, aos 44 do segundo tempo, um gol de pênalti convertido pelo brasileiro Cristian adiou a festa. No próximo fim de semana, uma vitória simples dos Leões sobre o Sivasspor garante a festa em Istambul. O clube também pode comemorar se o Fenerbahçe não vencer o Istanbul BB.

Kobenhavn, Campeonato Dinamarquês

O Kobenhavn poderia garantir hoje o seu título, que será conquistado de forma exepcional: o FCK liderou o campeonato praticamente de ponta a ponta; não foi líder apenas nas três primeiras rodadas. Neste domingo, a equipe vacilou e não aproveitou o empate do vice-líder Nordsjaelland contra o SonderjyskE, por 2 a 2, no sábado. Jogando em casa, o Kobenhavn apenas empatou por 0 a 0 contra o AGF Aarhus, 8º colocado, e não conseguiu comemorar em seu estádio. Na próxima sexta, o Nordsjaelland visita o Silkeborg e só uma vitória pode adiar o título do FCK. Em caso de vitória do vice-líder, uma vitória simples contra o Brondby garante o título para a equipe de Copenhagen.

APOEL, Campeonato Cipriota

No Chipre, também falta pouco para o APOEL garantir seu título, o 22º de sua história. Na fase final do torneio, a equipe ainda tem dois jogos pela frente e, o próximo deles, no dia 11 de maio, é justamente um confronto direto que pode definir o campeonato. A equipe, que perdeu neste fim de semana para o AEK Larnaca, recebe o segundo colocado Omonia Nicosia, que fez 4 a 0 no Anorthosis. Como o Omonia tem seis pontos a menos, um simples empate já assegura o título para o APOEL.

Sassuolo, Segunda divisão italiana

O Sassuolo está prestes a conseguir sua primeira participação na Serie A. Líder da segundona, com 80 pontos, a equipe poderia ter garantido o feito por antecipação, caso vencesse o Modena no dérbi local e o Verona perdesse para o Ascoli. A equipe verde e preta, no entanto, perdeu por 2 a 1 e viu o Verona aplicar 5 a 0 no adversário. Na próxima e antepenúltima rodada, os emilianos jogam apenas na segunda, dia 6, sabendo se terão chances de garantir o acesso. Para isto acontecer, Livorno, vice-líder com 76 pontos, e/ou Verona, 3º, com 75, precisam não vencer seus jogos (contra Ternana e Pro Vercelli, respectivamente), e o Sassuolo deve vencer o Padova, em casa. Livorno e Verona ainda podem garantir o acesso direto, evitando os play-offs, se, na última rodada do campeonato, o 4º colocado tiver 10 pontos a menos.

Hull City, Segunda Divisão inglesa

O Hull não deve levantar caneco algum, mas é como se fosse. Na Football Championship, o clube laranja e preto é o vice-líder, com 78 pontos, e é seguido de perto pelo Watford, 3º, com 77. A briga, aqui, é para evitar a fase de play-offs, que ocorre entre o 3º e o 6º colocados. O Hull estava muito perto de assegurar a volta à elite, mas acabou sendo derrotado por 2 a 0 pelo Barnsley, que briga contra o rebaixamento, enquanto que o Watofrd, comandado por Gianfranco Zola, bateu o Leicester fora de casa, por 2 a 1. No próximo sábado, o Hull recebe o Cardiff City, campeão do torneio e futuro participante da Premier League, enquanto o Watford recebe o tradicional Leeds United. Só a vitória ou uma derrota do Watford garante o Hull na elite automaticamente.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo