EspanhaEstados Unidos

Dono do Inter Miami promete fazer “o que estiver ao alcance” para Messi ter despedida pelo Barça

Jorge Mas parece estar disposto a ajudar Messi e Barcelona. Só não peça para emprestá-lo.

Lionel Messi não retornou ao Barcelona. Não quis esperar para ver se conseguiria ser inscrito e correr o risco de, na última hora, precisar achar outro lugar para continuar sua carreira. Como em 2021 quando deixou o clube da sua vida pelo PSG. A sua última partida de azul-grená foi contra o Celta de Vigo, pela temporada 2020/21 do Campeonato Espanhol e, independentemente do retorno não ter se concretizado, parece haver o desejo de que faça um jogo de despedida. E se depender do dono menos famoso do Inter Miami, Jorge Mas, isso pode acontecer quando o Camp Nou for reaberto.

A única coisa que Jorge Mas descartou é emprestar Messi para defender o Barcelona de verdade, como foi especulado que poderia acontecer quando a volta começou a subir no telhado por causa das restrições impostas pelo Fair Play Financeiro de La Liga. Ele até citou que uma ideia seria que ele disputasse o Troféu Joan Gamper, uma tradicional competição amistosa organizada pelos catalães no começo da temporada, pelo Barça.

As falas de Mas sobre Messi

– É minha opinião pessoal e estou especulando. Eu quero fazer essa ponderação. Eu não sei se é algum tipo de amistoso ou jogo de despedida. Eles têm esse Troféu Gamper que jogam no verão. Mas, espero que quando o novo Camp Nou estiver aberto, porque eles não vão jogar no estádio deles no próximo ano e meio, Lionel Messi possa dizer um adeus apropriado – disse Mas em entrevista ao podcast Offside.

– Isso não significa jogar pelo Barcelona. Ele não será emprestado para lá. Isso não vai acontecer. Sim, ele merece ter um adeus correto lá. Sim, eu farei tudo que estiver ao meu alcance para facilitar e ajudá-lo a fazer isso porque ele merece isso – acrescentou.

No fim de junho, o presidente do Barça, Joan Laporta, concordou com a família de Messi sobre prestar uma homenagem ao craque e disse que a reabertura do Camp Nou seria uma “excelente data”.

Quando o Camp Nou será reaberto?

Se Messi quiser fazer seu jogo de despedida com em um Camp Nou com capacidade máxima, terá que esperar um pouco. O estádio estará fechado para reformas durante toda a próxima temporada. Enquanto isso, o Barcelona jogará no Estádio Olímpico, inaugurado em 1929 e, como você deve ter deduzido, reformado para os Jogos da cidade em 1992. Foi a casa do Espanyol entra a demolição do Sarría e a abertura do Cornellà El Prat.

O clube informou que voltará à sua casa para a temporada 2024/25, daqui a aproximadamente um ano, mas com capacidade reduzida para 50% até o fim da reforma. Apenas em 2025/26 o estádio, que terá capacidade aumentada de 99 mil para 120 mil pessoas, poderá ser lotado – apenas a mérito de informação, o contrato de Messi com o Inter Miami termina em dezembro de 2025.

O Estádio Olímpico tem capacidade para 55 mil pessoas, um problema para um clube que já não conseguia encaixar todos seus sócios nas arquibancadas, e fica a cerca de quatro quilômetros do Camp Nou. É a primeira vez que o Barça não atuará no Camp Nou desde 1957.

Foto de Bruno Bonsanti

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.
Botão Voltar ao topo