Champions LeagueEspanha

Como uma mentira ajudou David De Gea a assinar pelo Atlético de Madrid

Duelo desta quarta contra Manchester United verá o ex-goleiro do Atlético enfrentar seu ex-clube pela primeira vez

Conteúdo oficial de La Liga

Nesta quarta-feira, o Atlético de Madrid recebe o Manchester United no primeiro encontro entre as duas equipes em 30 anos. A ocasião também verá o ex-goleiro do Atlético, David De Gea, enfrentar seu ex-clube pela primeira vez desde que trocou o o clube madrilenho pelo Manchester há 12 anos – mas a jornada de De Gea ao topo não foi direta.

VEJA MAIS: Altos e baixos, contestações e milagres: De Gea passou por tudo pelo Manchester United antes de reencontrar o Atlético

Nascido em Madri, David De Gea cresceu na cidade de Illescas, nos arredores da Comunidade de Madri e, enquanto jogava futebol juvenil lá, foi procurado pelo Atlético para ingressar na academia, aos 13 anos. Mas para convencer um olheiro dos Los Rojiblancos a ver De Gea assinar, foi preciso uma mentira branca de seu treinador na época.

Juan Luis Martin foi o treinador da base de David De Gea e recomendou o jovem ao ex-goleiro do Atleti que virou o olheiro Diego Garrido. Quando a família de De Gea não recebeu uma ligação do Atlético, Martin entrou em contato novamente com o Atlético de Madrid, explicando que estava prestes a assinar com o rival Rayo Vallecano. Mas isso não era verdade – não havia um acordo acontecendo.

Alguns dias depois, Garrido foi assistir a David De Gea em ação e o contratou depois de ver apenas metade de sua partida. A partir daí, David De Gea nunca mais olhou para trás. Ele entrou em cena no Atlético de Madrid aos 18 anos e foi apontado como a próxima grande novidade desde que ingressou na academia.

Rapidamente subiu na hierarquia e assinou o seu primeiro contrato profissional aos 17 anos, estrando profissionalmente aos 18 na derrota por 2 a 0 para o Porto, na Champions League. Três dias depois, estreou na LaLiga contra o Real Zaragoza. Cometeu um pênalti, mas fez as pazes salvando o pênalti, ajudando seu time a conquistar os três pontos na vitória por 2 a 1.

O espanhol construiu uma reputação para si mesmo como um goleiro de classe mundial e, depois de entrar no time principal do Atlético quando adolescente, manteve a consistência e conquistou seu lugar ao sol.

No final de sua segunda temporada, o atleta já havia se provado entre a elite da Europa, mantendo três jogos sem sofrer gols na campanha vitoriosa do Atleti durante a Europa League em 2010. O lance mais importante foi no jogo de ida da semifinal contra o Liverpool, no qual ele fez várias defesas de primeira linha, consolidando-se como um goleiro de primeira classe.

Jogou 84 vezes pelo Atlético de Madrid, mantendo 23 sequências sem sofrer gols e rapidamente se tornou o jovem goleiro mais procurado da Europa. Mudou-se para o Manchester United em junho de 2011 por £ 18,9 milhões, que era um valor recorde para um goleiro na época.

No início deste ano, De Gea quebrou o recorde do clube do Manchester United de maioria de aparições de um jogador não inglês na liga. O espanhol acumulou 474 jogos e manteve 163 jogos sem sofrer gols em Old Trafford.

Após ajudar o Atlético na conquista histórica da Liga Europa em 2010, David De Gea conquistou todos os troféus nacionais na Inglaterra e outro troféu da Liga Europa — o único que lhe escapou no United é a Champions League.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo