EspanhaLa Liga

A vitória sobre a Real Sociedad no dérbi basco serviu para reaproximar o Bilbao da Europa

Dérbis são mesmo campeonatos à parte, e o clássico basco deste domingo confirmou essa afirmação. A Real Sociedad tem feito uma temporada envolvente, acima das expectativas e digna de uma vaga na Liga Europa, enquanto o Athletic Bilbao não anima da mesma forma no campeonato e ainda sofria com desfalques. E, mesmo jogando em Anoeta, onde são extremamente fortes e praticamente imbatíveis, os Txuri-urdin perderam por 2 a 0, resultado que deixou o time de Biscaia mais próximo do rival de Guipúscoa na tabela e fez os Leones se reaproximarem da Europa, já que se afastaram ao serem desclassificados da Liga Europa pelo Apoel.

LEIA TAMBÉM: O dia em que Athletic Bilbao e Real Sociedad desafiaram as autoridades em prol do orgulho basco

Aduriz era dúvida para o jogo contra a Real por estar voltando de lesão, e só entrou em campo aos 15 do segundo tempo. A essa altura, porém, o Bilbao já vencia por 2 a 0, com um gol de Raul García de pênalti e outro de Iñaki Williams fazendo seu quinto gol na temporada. Ele, aliás, quebrou um tabu de 13 anos em Anoeta. Foi o primeiro jogador original de Biscaia (província cuja capital é Bilbao), desde 2004, a marcar no estádio da Real Sociedad.

A Real vinha de três partidas sem perder. Anteriormente a essa sequência, foi derrotada Villarreal por 1 a 0, também em casa. Já o Athletic ganhou a segunda seguida. A vitória deste domingo, porém, dá um outro gás ao time por ter sido em um clássico e no estádio da rival. Com o 2 a 0, o Bilbao foi a 44 pontos e continua no sétimo lugar, não podendo ser ultrapassado independente dos outros resultados desta rodada. Por outro lado, a Real pode ver o Villarreal igualando seu número de pontos. Isso se o Submarino Amarelo vencer o Celta em Balaídos.

Hoje os Txuri-urdin somam 48 pontos, mesmo número com o qual terminaram a temporada passada, ficando em nono lugar na tabela de classificação. Com Willian José voltando (de lesão), o artilheiro da equipe, e com mais 11 rodadas restantes para o fim de La Liga, dá para a Real continuar lutando para voltar a competir a Liga Europa ou, quem sabe, disputar uma vaga na Champions League. Mesmo que tenha tropeçado nos dois dérbis que fez nesta campanha, tendo perdido em Anoeta e em San Mamés.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo