Copa do Mundo

Um mini-guia sobre o MetLife Stadium, palco da final da Copa do Mundo de 2026

Casa do New York Giants e New York Jets, da NFL, MetLife venceu a concorrência do AT&T Stadium e SoFi Stadium

No último dia 4 de fevereiro, a Fifa bateu o martelo e cravou: a final da Copa do Mundo de 2026 será realizada no MetLife Stadium, em Nova Jersey, casa do New York Giants e do New York Jets, ambos da National Football League (NFL). A decisão do principal torneio entre seleções está marcada para o dia 19 de julho, ainda sem horário definido.

Dito isso, a Trivela separou tudo o que você precisa saber sobre o palco da finalíssima do Mundial. Informações gerais, dados, curiosidades e mais. Confira um mini-guia sobre o famoso MetLife Stadium e seus arredores:

Localização, inauguração e capacidade

O MetLife Stadium é um estádio de futebol americano localizado em East Rutherford, Nova Jersey. Como citado acima, é a casa do New York Jets e do New York Giants, da NFL. Inaugurado em 2010, o MetLife substituiu o antigo Giants Stadium, que foi a casa do Giants desde 1976 e do Jets desde 1984. Ele é o único estádio da NFL compartilhado por dois times, já que diferente do Giants Stadium, no qual o Jets era apenas um parceiro secundário, foi construído e possui os gastos compartilhados meio a meio pela dupla.

A inauguração aconteceu no dia 10 de abril de 2010, durante a Big City Classic, torneio de lacrosse. No ano seguinte, a MetLife (companhia de seguros em Nova Iorque) adquiriu os direitos para o nome do estádio (naming rights). O MetLife possui capacidade para cerca de 82.500 espectadores e está entre os maiores da NFL.

Eventos marcantes

A primeira partida do New York Giants no MetLife Stadium aconteceu em 12 de setembro de 2010 (um domingo), pela temporada regular da NFL. Já o New York Jets debutou no estádio durante um Monday Night Football – jogo transmitido na segunda-feira, um dos eventos mais tradicionais e populares da NFL.

O MetLife também foi palco de um jogo amistoso de futebol entre Estados Unidos e Brasil, no dia 10 de agosto de 2010. A Canarinho venceu os donos da casa por 2 a 0 diante de mais de 77 mil pagantes.

Por fim, mas não menos importante, o MetLife sediou o Super Bowl XLVIII (48) – final da NFL, que aconteceu em 2 de fevereiro de 2014. Além disso, recebeu a WrestleMania 29 da WWE (evento de Wrestling), no dia 7 de abril de 2013, e a WrestleMania 35, em 7 de abril de 2019. Palco escolhido para a decisão da Copa do Mundo de 2026, o estádio também será uma das sedes da Copa América deste ano.

Perguntas sobre o MetLife Stadium

O estádio está bem conservado?

Bem, o fedor que às vezes exala dos pântanos próximos de Meadowlands não é muito agradável para os torcedores que estiveram no MetLife. Contudo, fora isso, o estádio em si está bem conservado e deve oferecer uma boa experiência aos espectadores. Nem muito bom, nem muito ruim. O MetLife não está caindo aos pedaços, mas não tem a história do Azteca (México), sede da partida de abertura da Copa do Mundo, nem o luxo do SoFi Stadium de Los Angeles, que sediará dois jogos da fase de grupos dos Estados Unidos.

Tem experiência em organizar grandes eventos?

Sim. Definitivamente, sim. O MetLife sediou o Super Bowl XLVIII, em fevereiro de 2014, além de ter sido palco de grandes shows. Nomes importantes da música como U2, Rihanna e Taylor Swift já passaram por lá.

Os inquilinos do estádio, como citado, são os New York Giants e os New York Jets da NFL, e frequentemente jogam no MetLife. Entretanto, pelo fato de ambos atravessarem péssima fase hoje em dia, chamar seus jogos de “grandes eventos” é um exagero.

Como chegar ao MetLife?

Como o MetLife Stadium fica em Nova Jersey, a maneira mais fácil de chegar lá é via trem. Dito isso, vá até a 34 St-Penn Station em Nova York, procure por um guichê da Nova Jersey (NJ) Transit e compre uma passagem de ida e volta para Meadowlands Station. Da Penn Station, pegue um trem até Secaucus Junction (SEC) e de lá troque para o que vai a Meadowlands.

Posso chegar de carro até lá?

Claro que você pode. Afinal, esta é a América. E os parques de estacionamento são muito grandes.

Os jogadores terão de se adaptar a grama artificial do estádio?

Não é de hoje que os jogadores da NFL reclamam que a grama artificial do MetLife é responsável por um número preocupante de lesões. Um jogador do Miami Dolphins inclusive, classificou o piso do estádio como “lixo”. No entanto, para alívio de boa parte dos futebolistas, isso não será problema na Copa do Mundo, já que o local usará campo 100% natural para a Copa do Mundo de 2026.

O que aconteceu com os outros concorrentes que desejavam sediar a final?

O AT&T Stadium, do Dallas Cowboys, é um dos estádios mais modernos e imponentes dos Estados Unidos e foi cotado durante alguns meses para sediar a final da Copa do Mundo. Porém, não há transporte público para a arena, e os torcedores sem carro precisariam depender de táxis. Apesar de ter perdido a concorrência, o AT&T sediará outros nove jogos do Mundial, mais do que qualquer outro palco da competição.

O SoFi Stadium também se candidatou. Todavia, seu proprietário, Stan Kroenke, entrou em um forte embate com a Fifa no que diz respeito a divisão das receitas. Seu ‘prêmio de consolação' será sediar duas partidas da fase de grupos da Seleção Norte-Americana.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo