Copa do Mundo

[Mapa interativo] Todos os clubes que cederam jogadores à Copa do Mundo de 1982

A Copa de 1982 marca um período de transição. O Mundial conquistado pela Itália oferece alguns sinais da globalização que se intensificava no futebol e se escancararia a partir da Lei Bosman. O mercado italiano começava a se reabrir, o que também causaria certos reflexos em outros países. De qualquer maneira, as seleções que disputaram a competição na Espanha possuíam elencos majoritariamente nacionais – exceção feita a Escócia e Irlanda do Norte, de trânsito histórico com o futebol inglês. Os jogadores atuando no exterior tinham presenças bastante pontuais. Salvo uma antiga colônia aqui ou uma liga fornecedora de ‘matéria-prima’ acolá, raríssimos eram os destaques em times estrangeiros.

VEJA TAMBÉM: O dia em que Mick Jagger foi pé quente e um show dos Stones marcou o tri mundial da Itália

Nesta terça, a final da Copa de 1982 completa 35 anos. A Itália derrotou a Alemanha Ocidental de maneira categórica no Estádio Santiago Bernabéu, com o triunfo por 3 a 1, no qual os germânicos descontaram apenas no fim. O feito que ofereceu o tricampeonato aos azzurri e consagrou uma geração de tantos talentos, encabeçada pelo capitão Dino Zoff e pelo artilheiro Paolo Rossi. Diante da data marcante, relembramos os clubes representados no Mundial da Espanha. Em mapa produzido pelo amigo Emmanuel do Valle, todos os times que liberaram os seus atletas estão representados.

Para saber quem são os jogadores, basta clicar no ícone e conferir os nomes. O menu do lado esquerdo é uma boa opção para navegar pelas diferentes equipes. Além disso, cabe lembrar que alguns clubes estarão sobrepostos no mapa. Para diferenciá-los, é necessário aproximar a visualização. Boa viagem!

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo