Eliminatórias da Copa

Van Gaal sofre acidente de bicicleta e comandará a Holanda numa cadeira de rodas no jogo decisivo contra a Noruega

Van Gaal caiu da bicicleta quando ia do treino para o hotel e sofreu uma microfratura na região lombar

A Holanda fará uma partida decisiva pela classificação à Copa do Mundo nesta terça-feira, quando encara a Noruega em Roterdã. E não bastasse o empate cedido contra Montenegro na rodada passada, a Oranje terá outro problema para o compromisso final: Louis van Gaal dirigirá a equipe numa cadeira de rodas. O treinador sofreu um acidente de bicicleta neste domingo, quando retornava ao hotel depois de comandar o treino. O veterano de 70 anos escorregou e caiu sobre o quadril quando descia da bicicleta. Após passar a noite no hospital, os exames apresentaram uma microfratura na região lombar, mas ele não precisará ser operado.

Van Gaal trabalhou no treino desta segunda-feira em cima do carrinho da maca, por causa de suas dificuldades de locomoção. O treinador também participou da coletiva de imprensa na sala de ginástica, onde teria mais conforto. O veterano até cogitou não trabalhar na partida contra a Noruega, por conta das dores, mas estará na cadeira de rodas a pedido dos próprios jogadores.

“No corpo, a coisa não vai muito bem, mas o cérebro ainda funciona (risos). Por isso eu me sentei no carrinho da maca durante os treinos, e por isso estou e estarei numa cadeira de rodas. Houve uma microfratura num osso”, declarou Van Gaal, na coletiva, conforme o Espreme a Laranja. O treinador ainda brincou: “Precisei decorar o nome de todos os ossos no primeiro ano da faculdade de educação física, agora isso se tornou conveniente”.

Independentemente dos problemas, Van Gaal segue confiante na capacidade do time para cumprir sua missão: “Claro que tenho a lembrança na minha cabeça [da eliminação nas Eliminatórias da Copa de 2002]. Já pensei nisso. Mas não acho que vai acontecer. Estou convencido de que vamos nos classificar, porque temos mais qualidades do que a Noruega, e mostraremos essa qualidade. Falo isso com base no que vi no treino de hoje e em como todos estão pensando positivo”.

Van Gaal chegou a se emocionar com o pedido dos jogadores para que trabalhasse no jogo contra a Noruega: “Está doendo a todo momento, por isso estou na cadeira de rodas. Os rapazes e a comissão técnica pediram para que eu ficasse. Então permaneci. Isso é muito positivo, a atitude deles diz tudo. Sou uma pessoa emotiva. Não vai parecer algo normal, eu sei disso. Mas acho que o trabalho do técnico é verbal e você faz isso com o cérebro. Você convence o time na preleção. Farei tudo o que faria normalmente”.

A Holanda ainda lidera o Grupo G das Eliminatórias, com 20 pontos, contra 18 de Turquia e Noruega. Pela diferença no saldo de gols, um empate contra a Noruega em Roterdã deve ser suficiente para a classificação direta, mesmo que a Turquia vença Montenegro no jogo paralelo. Todavia, uma derrota, combinada com a vitória turca, deixaria os holandeses de fora até da repescagem.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo