Eliminatórias da Copa

Surpresa! Final das Eliminatórias da Oceania colocará Nova Zelândia e Ilhas Salomão frente a frente

Vaga para repescagem será definida na quarta-feira (30), no estádio Grand Hamad, em Doha

Foi definida neste domingo (27) a final das Eliminatórias da Oceania, que garantem vaga na repescagem intercontinental para a Copa do Mundo de 2022. A partida entre Nova Zelândia e Ilhas Salomão será disputada na quarta-feira (30), no Grand Hamad Stadium, em Doha, no Catar. Vale sempre lembrar que a Oceania é o único continente sem vaga direta para a Copa do Mundo.

O formato da classificatória, por sinal, é pura emoção. Depois da fase de grupos com duas chaves de quatro times, as Ilhas Salomão e o Taiti avançaram de maneira direta com a desistência de Vanuatu e Ilhas Cook. Na outra chave, a Nova Zelândia e Papua Nova-Guiné superaram Fiji e Nova Caledônia. Neste domingo, já em Doha, as semifinais tiveram as Ilhas Salomão e a Nova Zelândia como vencedores de seus confrontos.

Os placares foram bem acirrados, diferente da fase de grupos, que foi dominada pelos neo-zelandeses. As Ilhas Salomão tiveram um jogo complicado contra Papua Nova Guiné, vencendo por 3 a 2, gols de Alwin Hou e a sensação Rafael Lea’i, artilheiro das Eliminatórias ao lado de Chris Wood, com quatro tentos. A favorita Nova Zelândia sofreu um pouco mais e, apesar do ataque avassalador que a levou para a final (incluindo o 7 a 1 na Nova Caledônia), passou pelo Taiti com um simples 1 a 0, consolidado pelo lateral Liberato Cacace, na segunda etapa.

Nas Eliminatórias para a Copa de 2018, neo-zelandeses e salomonenses também se enfrentaram na final. E os All Blacks sobraram em campo, conseguindo um elástico 6 a 1 na ida e segurando um empate por 2 a 2 na volta. O problema para os alvinegros é que o adversário na repescagem foi o Peru, que conseguiu a vaga para o Mundial vencendo por 2 a 0 em Lima.

A última vez que a Nova Zelândia não venceu as Eliminatórias da OFC foi em 2006, quando a Austrália (que mais tarde se filiou à Ásia) liderou as fases preliminares e bateu as Ilhas Salomão na final, com um imponente 7 a 0 na ida e um magro 2 a 1 na volta. Aquela geração, considerada a melhor da história dos Cangurus, foi para a Copa do Mundo na Alemanha superando o Uruguai na repescagem, após penalidades.

Se quiser marcar presença no Catar em novembro, a favorita Nova Zelândia precisará passar pelas Ilhas Salomão e ainda enfrentar o quarto colocado das Eliminatórias da CONCACAF, que serão definidas no dia 30. De momento, o adversário do vencedor da Oceania seria a Costa Rica, mas o Panamá ainda pode alcançar os Ticos na classificação.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo