Eliminatórias da Copa

Por causa de um surto de covid, a seleção de Vanuatu desiste das Eliminatórias para a Copa

Vanuatu não enfrentou o Taiti na primeira rodada por causa dos casos positivos e, por fim, desiste da competição

Depois de uma longa espera, as Eliminatórias na Oceania tiveram seu pontapé inicial nessa semana. A competição sofreu diversos adiamentos por conta da pandemia e, no fim das contas, acaba organizada como um torneio de tiro curto em campo neutro no Catar. Isso não impediu, porém, que um surto de coronavírus afetasse a delegação de Vanuatu. A partida contra o Taiti, na primeira rodada, acabou cancelada por conta do problema. Já neste sábado, a OFC confirmou que os vanuatenses desistiram da competição, pela impossibilidade de escalar uma equipe diante do alto número de jogadores positivos no elenco.

Em nota oficial, a Confederação de Futebol da Oceania (OFC) confirmou que Vanuatu deixou a competição. “Como resultado da vasta maioria do elenco com resultados positivos para COVID-19, Vanuatu informou à Fifa de sua desistência do torneio. De acordo com o protocolo aplicável e considerando os sete dias necessários de quarentena, a Federação de Futebol de Vanuatu confirmou que não está em condições de jogar as próximas partidas das Eliminatórias”, declara a nota oficial.

A saída de Vanuatu, porém, ainda não resolve todos os problemas da OFC. A seleção de Ilhas Cook também teve casos positivos confirmados em sua delegação. Em teoria, a equipe enfrentaria o Taiti na segunda rodada do Grupo A neste domingo. A federação local já indicou que não tem condições de disputar a partida. A OFC confirma o entrave, mas ainda não indicou qual a decisão sobre a próxima rodada. Também é possível que existam casos no elenco de Ilhas Salomão, que enfrentou Ilhas Cook na última quinta.

As Ilhas Salomão lideram o Grupo A das Eliminatórias, com três pontos. A equipe venceu as Ilhas Cook por 2 a 0 na primeira rodada. Atkin Kaua anotou o primeiro gol aos 20 minutos e Alwin Hou ampliou nos acréscimos do primeiro tempo. Vale lembrar que a classificação das Ilhas Cook à fase de grupos aconteceu de maneira automática, depois que Tonga desistiu das Eliminatórias para se prevenir dos riscos da pandemia. Considerando as limitações dos países da Oceania no combate à doença, a precaução regeu as decisões nos últimos dois anos.

Já o Grupo B não teve problemas na realização de seus jogos. A Nova Zelândia estreou com vitória, mas magra, ao derrotar Papua Nova Guiné por 1 a 0. Os All Whites não contam com os jogadores em atividade na Europa por enquanto e anotaram o gol decisivo apenas aos 30 minutos do segundo tempo, com Benjamin Waine. Já Fiji está na liderança, ao vencer Nova Caledônia por 2 a 1. Sairusi Nalaubu abriu o placar aos 11 minutos, Jordan Wetria empatou aos 33 do segundo tempo e o próprio Nalaubu marcou o tento decisivo aos 44. Na próxima rodada, Nova Zelândia e Fiji fazem o confronto direto pela primeira posição.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo