Eliminatórias da CopaItália

Mesmo indisponível pelo Milan, Ibrahimovic é convocado pela seleção sueca

O técnico Janne Andersson acredita que o veterano possa contribuir para os próximos jogos contra Kosovo e Grécia

Zlatan Ibrahimovic disputou apenas meia hora da temporada do Milan, contra a Lazio, em 12 de setembro. Desde então, está afastado com dores no tendão de Aquiles. Não enfrentará o Atlético de Madrid nesta terça-feira. Mesmo indisponível ao seu clube, o atacante de 39 anos foi convocado pela seleção sueca para os próximos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Ibra havia se aposentado da seleção sueca, mas retornou em março, em meio a uma segunda passagem bem sucedida pelo Milan. No entanto, uma outra lesão, no joelho, o impediu de disputar a Euro 2020. A nova temporada tem sido prejudicada por problemas físicos, mas o técnico Janne Andersson acredita que ele está melhorando e pode contribuir.

“Decidi convocá-lo porque acredito e espero que ele possa participar e contribuir. Ele vem de um período de lesão, mas está melhorando. Estará conosco quando nos reunirmos na próxima semana”, explicou Andersson ao site da federação sueca.

Ibrahimovic retornou ao Milan em janeiro de 2020 e ajudou a impulsionar o time de volta à Champions League com um papel de liderança e boa média de gols. São 29 em 48 partidas nessa segunda passagem, mas a última temporada também foi afetada por muitas lesões.

A Suécia havia dado um passo importante rumo à classificação ao Mundial do Catar ao vencer o confronto direto contra a Espanha, mas foi derrotada pela Grécia na partida seguinte. Ainda assumirá a liderança do grupo caso vença as duas rodadas programadas para outubro, contra Kosovo e Grécia, ambas dentro de casa.

A Espanha, com dois jogos a mais, estará envolvida na fase final da Liga das Nações. Ela tem 13 pontos, contra nove dos suecos.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo