Eliminatórias da Copa

Lewa marcou o seu, mas impressionou mesmo pela grande arrancada que rendeu assistência na goleada da Polônia

Lewandowski partiu em velocidade da faixa central, ganhou da marcação e ainda driblou o goleiro

Robert Lewandowski carrega a seleção da Polônia em muitos momentos, e isso ficou evidente na Euro 2020. O centroavante não apenas marcou os gols, mas também criava as principais chances para os companheiros. E a vitória polonesa nessa rodada das Eliminatórias da Copa mostrou o melhor de Lewa neste sentido. Obviamente, ele balançou as redes, com o primeiro tento nos 4 a 1 sobre a Albânia. Mas nada se compara à grande jogada do artilheiro para dar uma assistência, fazendo a defesa adversária comer poeira até Grzegorz Krychowiak guardar.

O gol de Lewandowski foi simples, numa cabeçada quase em cima da linha aos 12 minutos. Sokol Cikalleshi empatou para a Albânia, mas Adam Buksa retomou a vantagem antes do intervalo. Já no início do segundo tempo, Lewa assinou seu melhor lance na noite. A arrancada começou ainda no campo de defesa, aproveitando um erro dos adversários. O centroavante ganhou na velocidade da marcação, mas num momento parecia perder a bola, até recuperá-la no tranco. Dentro da área, então, Lewandowski driblou o goleiro e só rolou para Krychowiak completar na pequena área. Fez tudo sozinho, num lance atípico para sua carreira. Por fim, Karol Linetty concluiu o resultado.

A Polônia ocupa a segunda colocação do Grupo I, no qual a Inglaterra é a principal concorrente. Os Three Lions lideram com dez pontos, três a mais que os poloneses, que se igualaram à Hungria na tabela, também com sete. A próxima rodada deve contar com uma chuva de gols de Lewandowski, já que os alvirrubros visitam San Marino.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo