Eliminatórias da Copa

Itália começou as Eliminatórias da Copa com bons sinais – e vitória sobre a Irlanda do Norte

Foi tudo resolvido no primeiro tempo e a Itália começou as Eliminatórias da Copa mantendo o bom ritmo que vimos nos jogos classificatórios para a Eurocopa. Com uma atuação segura, ainda que sem brilho, venceu por 2 a 0 a Irlanda do Norte em Parma, no primeiro jogo do Grupo C.

Foi o 100ºe Leonardo Bonucci pela Azzurra, uma marca importante. O jogador da Juventus, de 33 anos, torna-se assim o oitavo na lista dos que mais vestiram a camisa da seleção do país. Dos jogadores ainda na ativa, só Giorgio Chiellini tem mais jogos, 106. Gianluigi Buffon, ainda na ativa no futebol, mas aposentado da seleção, é o recordista de jogos, com 176. Antes do jogo, foi feito um minuto de silêncio os jogadores da Azzurra vestiram uma braçadeira preta. Foi uma forma de lembrar de cinco lendas que morreram desde o último jogo da seleção: Pietro Anastasi, Mauto Bellugi, Mario Corso, Pierino Prati e Paolo Rossi.

A Itália jogou pela primeira vez em 2021 em um grupo que tem, além da Irlanda do Norte, Suíça, Bulgária e Lituânia. Os italianos são cabeças de chave e grandes favoritos a conquistar a vaga direta à Copa do Mundo. O técnico Roberto Mancini estava sem Jorginho, Moise Kean e Bryan Cristante, machucados. Nicolò Barella e Federico Chiesa ficaram no banco para descansar. Manuel Locatelli e Domenico Berardi entraram no time.

Os dois gols que decidiram o jogo saíram primeiro tempo. Aos 14 minutos, Alessandro Florenzi acionou Domenico Berardi na ponta direita e ele avançou, puxou para o meio e chutou colocado para marcar o gol que abriu o placar.

O segundo gol saiu no final do primeiro tempo. Desta vez, Lorenzo Insigne foi quem acionou Ciro Immobile, em velocidade, e o centroavante avançou bem e chutou no canto do goleiro Bailey Peaco-Farrell, que poderia ter feito melhor. Com isso, o atacante encerrou a seca de três jogos sem marcar pela seleção italiana. Na temporada, o jogador da Lazio segue muito bem, com 19 gols em 31 jogos.

No segundo tempo, a Itália reduziu muito o ritmo e o jogo ficou um pouco mais perigoso. Gianluigi Donnarumma precisou fazer duas defesas em finalizações de Gavin Whyte, depois de um recuo mal-feito por Manuel Locatelli. Paddy McNaier perdeu uma chance clara aos 42 minutos de diminuir o placar.

“Eu senti um peso sair dos meus ombros, porque eu não marquei nenhum gol sem ser de bola parada em um ano e meio com a camisa da Itália”, disse Immobile à RAI Sport. “Eu escorreguei na primeira chance, o goleiro estava lá no segundo, então eu estava me sentindo frustrado e deixei sair tudo na minha terceira chance”, continuou. “Ter disputa por posições só te faz mais determinado em fazer o gol e ajudar o time. Gallo Belotti marcou no último jogo, eu marquei desta vez, então tem que haver mais confiança na Itália”.

Standings provided by SofaScore LiveScore

VEJA TAMBÉM:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

AdBlocl? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!