Eliminatórias da Copa

Erro de Stones devolveu a Polônia ao jogo, mas Inglaterra conseguiu arrancar a vitória

Um erro de John Stones, em excelente temporada pelo Manchester City, colocou em risco um jogo que parecia absolutamente controlado pela seleção inglesa, mas a bola parada, uma das principais armas de Gareth Southgate, manteve o 100% de aproveitamento da Inglaterra nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Harry Kane, de pênalti, e Harry Maguire marcaram na vitória por 2 a 1.

Era um confronto direto entre as duas seleções teoricamente mais fortes do Grupo I. Ao vencer em Wembley, a Inglaterra abre cinco pontos para a Polônia, que precisará correr atrás da Hungria, em segundo lugar do grupo após golear Andorra por 4 a 1 – e, principalmente, por ter empatado com os poloneses na abertura das Eliminatórias por 3 a 3.

Southgate repetiu não apenas a formação 4-3-3 que usou nas duas primeiras rodadas, como também quase toda a escalação, com exceção de Ben Chilwell na vaga de Luke Shaw na lateral esquerda. Declan Rice e Kalvin Phillips começaram as ações no meio-campo, com Phil Foden na ligação para Mount, Sterling e Kane.

A lesão de Robert Lewandowski no fim de semana diminuiu o poder de fogo da Polônia e prejudicou suas chances contra a Inglaterra, mas ainda assim foi uma atuação muito inofensiva dos visitantes, cujo primeiro chute de verdade ao gol foi o do empate, aos 13 minutos da etapa final, após um erro de Stones na saída de bola.

Até aquele momento, estava tudo controlado. O placar foi aberto em uma das poucas chances que a Inglaterra teve de roubar a bola no campo de ataque. A Polônia tinha 16% de posse quando, aos 19 minutos, Phil Foden interceptou um passe. Sterling recolheu e disparou pela esquerda até chegar à linha de fundo.

Michal Helik deu um carrinho para bloquear o cruzamento com a perna direita e, com a outra, parece ter acertado Sterling por baixo. O pênalti, sobre o qual cabe discussão, foi muito bem batido por Harry Kane. Sterling chegou a ter outra excelente situação, também pela esquerda, mas decidiu pelo cruzamento em vez de tentar tocar na saída de Szczesny.

A mudança de postura da Polônia no segundo tempo foi mínima, mas Stones colaborou. Errou o domínio, mesmo com muito espaço para sair jogando, e perdeu o controle da bola. Jakub Moder recuperou, tabelou com Milik e bateu forte para empatar.

O zagueiro do City pelo menos se redimiu com uma boa participação no gol da vitória. Foden bateu um escanteio pela esquerda, quase reto. Stones se esforçou para encontrar a bola na segunda trave e cabeceou para o meio da área, onde Maguire apareceu para encher o pé e fechar o começo perfeito da caminhada da Inglaterra rumo ao Catar.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

.

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo