Eliminatórias da Copa

Eliminatórias na África: Líbia e Tanzânia terminam a Data Fifa como as surpresas na zona de classificação

Rodada teve a maioria dos favoritos se confirmando e a Líbia chamando bastante atenção num grupo duríssimo

As Eliminatórias para a Copa de 2022 na África encerraram sua segunda rodada nesta terça-feira e algumas surpresas começam a pintar. Ainda falta chão pela frente, com mais quatro partidas da terceira fase, sem contar os duelos decisivos da quarta etapa. Porém, equipes como Tanzânia e Líbia aparecem atualmente na zona de classificação. Apenas o primeiro colocado de cada chave avança nesta fase do qualificatório, antes dos confrontos diretos que definirão os cinco africanos que estarão no Mundial do Catar.

A Líbia lidera um grupo bastante duro, no qual também se integram Egito, Gabão e Angola. Os líbios haviam derrotado os gaboneses na estreia e desta vez desbancaram os angolanos: ganharam por 1 a 0 na visita a Luanda. A equipe treinada por Javier Clemente anotou o gol decisivo aos 43 minutos, numa pancada desviada de Omar Al Khouja. Com seis pontos, a Líbia abre vantagem sobre o Egito, que tem quatro após o empate por 1 a 1 contra o Gabão no domingo.

Já a Tanzânia ponteia o Grupo L, que promete ser o mais aberto nessas Eliminatórias na África. Os tanzanianos somam os mesmos quatro pontos que Benin, mas levam vantagem pelo número de gols marcados, enquanto República Democrática do Congo tem dois e Madagascar permanece zerado. Nesta terça, a Tanzânia derrotou Madagascar por 3 a 2 em Dar es Salaam. Os anfitriões abriram dois gols de vantagem e permitiram o empate no fim do primeiro tempo, mas Feisal Salum foi o herói do triunfo no segundo tempo.

Seleções de mais peso também tiveram vitórias importantes nesta terça. Pelo Grupo C, a Nigéria sofreu, mas virou para cima de Cabo Verde por 2 a 1. O jogo em Mindelo começou com um gol de Dylan Tavares, mas a zaga dos Tubarões Azuis estragou tudo. O empate saiu depois de uma furada bisonha da defesa, com o goleiro Vózinha evitando o gol contra por milagre, mas vendo Victor Osimhen marcar no rebote. Pois ficaria ainda pior, numa bola recuada por Kenny Rocha Santos da intermediária, que encobriu Vózinha e não deu tempo para o goleiro se recuperar. Os nigerianos têm seis pontos, contra três da Libéria. Cabo Verde possui um, igualada à República Centro Africana.

Já a Tunísia manteve os 100% de aproveitamento no Grupo B, ao bater a Zâmbia por 2 a 0 na visita a Ndola. Wahbi Khazri e Anis Ben Slimane anotaram os gols das Águias de Cartago, num jogo em que as Chipolopolo pressionaram bastante pelo empate. No outro jogo da chave, a Guiné Equatorial venceu a Mauritânia por 1 a 0 em Malabo, tento de Iban Salvador. A Tunísia tem seis pontos, enquanto Zâmbia e Guiné Equatorial aparecem com três.

Senegal deu um passo firme no Grupo H, ao derrotar o Congo por 3 a 1 em Brazzaville. Boulaye Dia marcou o primeiro para os Leões de Teranga e os Diabos Vermelhos empataram com Silvère Ganvoula. No fim do segundo tempo, entretanto, as lambanças do goleiro ajudaram os senegaleses – Ismaïla Sarr e Sadio Mané anotaram os gols decisivos. Senegal tem seis pontos, com a Namíbia em segundo com quatro. Congo tem um ponto e Togo é o lanterna, com zero.

Dentre os favoritos, apenas a Argélia não venceu. Pelo Grupo A, as Raposas do Deserto, porém, pegaram uma pedreira contra Burkina Faso – em jogo realizado no Marrocos. Sofiane Feghouli botou os argelinos na frente, mas Edmond Tapsoba buscou a igualdade para os burquinenses. Argélia e Burkina estão emparelhadas com quatro pontos, enquanto Níger aparece com três e Djibuti não pontuou.

 

,Pelo Grupo I, Guiné-Bissau ocupa a liderança, mas com uma partida a mais que a concorrência mais qualificada – após o adiamento de Guiné x Marrocos. Os Djurtus fizeram um jogo animado na visita ao Sudão e ganharam por 4 a 2 em Omdurman. Piqueti foi o destaque dos visitantes, com dois gols, enquanto Frédéric Mendy e Mama Baldé completaram o resultado. Guiné Bissau tem quatro pontos, Marrocos vem com três e Guiné soma um.

O Grupo G é liderado pela África do Sul e tem Gana em segundo, mas a Etiópia se meteu no páreo ao vencer Zimbábue por 1 a 0. Aschalew Tamene anotou o gol solitário aos 49 do segundo tempo em Bahir Dar. Por fim, no Grupo D, Malauí derrotou Moçambique por 1 a 0. Richard Mbulu assinalou o gol. A chave tem a Costa do Marfim na primeira colocação, com Camarões em segundo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo